Um detento, de 35 anos, foi morto na madrugada desta quinta-feira (2), no Centro de Triagem do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís. Esta é a primeira morte registrada em 2014. O preso foi encontrado estrangulado na cela 9 da unidade. Segundo informações da Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap), o homem foi preso no dia 31.

Em 2013, foram 59 detentos assinados no sistema penitenciário do Maranhão. Após revista realizada nessa quarta-feira (1), mais de 300 armas brancas, como facas e chuços, 32 celulares, bebida alcoólica e drogas foram encontradas durante revista no Complexo Penitenciário de Pedrinhas e na Central de Custódia de Presos de Justiça (CCPJ) do Anil, a Polícia Militar encontrou também listas de tráfico interno na Central de Custódia de Presos de Justiça de Pedrinhas e no Presídio São Luís 2.

Relatório
O relatório final sobre a inspeção realizada no presídio de Pedrinhas, em São Luís, foi encaminhado na segunda-feira (30) pelo conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e presidente da Comissão do Sistema Prisional, Alexandre Saliba, ao procurador-geral da República em exercício, Eugênio Aragão.

O documento vai integrar o processo que estuda um possível pedido de intervenção no sistema prisional do Estado. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu informações à governadora do Maranhão, Roseana Sarney, a respeito das ações feitas no sistema prisional para reverter o quadro. O prazo para o envio das respostas termina no dia 6 de janeiro.