Em visita ao município de Viana, Flávio Dino reforçou o projeto, registrado no seu plano de governo, de perenização dos lagos da Baixada Maranhense. O candidato ao governo do Maranhão ouviu de diversos pescadores a queixa de que, no período de estiagem, os lagos da região ou ficam com uma lâmina d’água muito pequena ou secam completamente, o que inviabiliza a pesca. “É baseado nessas reivindicações que ouvi aqui hoje que reforço o meu compromisso com esse projeto, que está no programa de governo e já registrado junto à Justiça Eleitoral. Vamos fazer isso juntos”, disse Flávio Dino.

Em dois dias pelas Baixada, Flávio Dino visitou Viana, Matinha, Olinda Nova, São Vicente Férrer, São Bento, Pinheiro, Bequimão, Peri-Mirim, Palmerândiae Bacurituba. Em todos os municípios visitados, Flávio foi recebido com festa e entusiasmo pela população.

A caminhada em Viana inaugurou o roteiro de Flávio Dino pela Baixada Maranhense, onde foi notório o apoio da população.

Em Viana, Flávio Dino também se reuniu com representantes da Igreja Católica. O bispo da diocese de Viana, Dom Gilles Xavier, destacou como mais um ponto positivo para Flávio Dino o fato de ele ser um candidato ficha limpa. “Isso é importante porque mostra a conduta correta e idônea do candidato. É também importante que o candidato seja preocupado com as questões da reforma agrária, dos trabalhadores rurais”, analisou D. Xavier.

Flávio Dino explicou as diretrizes do plano de governo para a Baixada Maranhense. “O nosso principal objetivo é garantir saúde, educação e oportunidades de trabalho para todos. Durante todos esses anos temos visto o Brasil crescer, se desenvolver, e o Maranhão vai ficando para trás. A população, assim como nós, também entende a necessidade de mudar”, disse Flávio Dino.

O candidato explicou que o plano de governo para a Baixada é baseado em três alicerces. O primeiro deles é a educação. Flávio Dino garantiu que será um dos pilares do seu governo a aprovação do Estatuto da Educação, com plano de carreira e reajustes acima da inflação.

Na área da saúde, Flávio Dino defendeu também o compromisso com a atenção básica. “Vamos dar apoio aos agentes comunitários de saúde e regionalizar os hospitais de alta complexidade. Hoje o paciente do interior é obrigado a ir para São Luís ou até para ouro estado para se tratar, o que é inaceitável”, analisou Flávio Dino.

Até domingo, 20 municípios da Baixada e do Alto Turi serão visitados por Flávio Dino e sua comitiva, que é composta pela vice-governadora, Miosótis Lúcio, pelos candidatos ao Senado José Reinaldo Tavares e Adonilson Lima e por candidatos a deputado federal e estadual, além de militâncias partidárias e integrantes de movimentos sociais.

São João Batista – Uma verdadeira multidão aderiu, voluntariamente, à caminhada de Flávio Dino, quinta-feira, em São João Batista, que encerrou com um comício na praça de eventos da cidade.

Flávio Dino foi recebido pelo povo de São João Batista com uma impressionante demonstração de entusiasmo, que incluiu apitaço, foguetório, gritos, palavras e ordem e muitos acenos.

Em discurso, o candidato ao governo do Maranhão agradeceu a demonstração de apoio e assumiu o compromisso de governar com justiça para todos os maranhenses.

O candidato a governador também voltou a criticar os indicadores sociais do estado. “O Maranhão é campeão da mortalidade infantil, do analfabetismo, do subdesenvolvimento, quando tinha tudo para ser um estado rico. Essa lógica de não se desenvolver não é a natureza do nosso estado, mas a dos nossos governantes”, disse Flávio Dino. Ele comparou o atual governo do Maranhão a uma página que precisa ser virada.

“Esse pessoal que está aí, nós já conhecemos. É como quando estamos lendo um livro. Uma hora a gente tem que virar a página. O que eu proponho é que nós comecemos um novo capítulo na história do Maranhão”, disse Flávio Dino, entre gritos e aplausos da população de São João Batista.