POR GABRIELA SARAIVA

Um jovem identificado como Elvis da Silva Feitosa, de 18 anos, conhecido como “Elvis Rato”, foi morto com um tiro na cabeça, na Rua Dagmar Desterro, no Bairro de Fátima. O autor do crime, conhecido como James, morador da 1ª Travessa Presidente Médici, do mesmo bairro, teria efetuado quatro disparos e fugiu do local.

De acordo com informações de populares, Elvis faz parte da gangue de Marcos Paulo das Neves Gaspar, mais conhecido como ‘Rato 8’, que foi assassinado a tiros, na manhã do último domingo, no calçadão da Praça dos Pescadores, na Avenida Litorânea. O crime de ontem, por sua vez, teria sido motivado por uma desavença existente entre a vítima e o acusado.

Elvis, na companhia de dois comparsas, identificados como Thiaguinho e Jairzinho, no final do ano passado, teria desferido vários golpes de faca, contra ‘Burgel’, irmão de James. A vítima, também teria invadido a casa da mãe do acusado e lhe empurrado, o que teria aumentado a ira do autor do crime. Populares informaram ainda que tanto James como Elvis são usuários de drogas.

Moradores da localidade, afirmaram que James teria avisado, na manhã de ontem, de posse de uma arma, uma pistola 380, que iria matar Elvis. A vítima ainda foi levada por populares, para o Hospital Municipal Djalma Marques, o Socorrrão 1, em estado grave, mas não resistiu ao ferimento que ocasionou perda de massa encefálica, falecendo às 16h06.

Segundo populares, minutos antes do crime, um helicóptero do Grupo Tático Aéreo estava sobrevoando a área.

Outras mortes – Entre a o final da tarde de quinta-feira e madrugada de ontem, mais três corpos deram entrada no Instituto Médico Legal (IML). Cesar Roberto Torres Cruz, de 39 anos, morreu após cometer suicídio na Rua São Domingos, n° 13, Quinta do Rio São João, em São José de Ribamar, onde residia. Seu corpo deu entrada no IML às 17h50, do dia 19.

Francisco Fernando Silva, de 25 anos, foi morto com uso de arma de fogo e arma branca, na Favela do Jaracati. Seu corpo chegou ao IML às 20h de quinta-feira. Os autores do crime seriam os homens identificados como Nenén e Louro. Francisco era morador da Rua das Araras, n° 23, Anjo da Guarda.

Vítima de um acidente de trânsito, na Cidade Operária, chegou ao IML, às 1h20 de ontem, o corpo de Marco Sousa Morais, de 25 anos. Ele estava internado no Hospital Municipal Dr. Clementino Moura, o Socorrão 2.