Repercutiu na imprensa do país inteiro o vídeo que mostra a governadora Roseana Sarney (PMDB) batendo boca com um adolescente do interior do Maranhão. A cena, registrada durante ato do Governo Itinerante no município de Governador Edison Lobão na última sexta-feira (17), mostra Roseana sendo confrontada com a realidade da educação oferecida pela rede pública do Estado.

Criticada por um estudante pelo baixo nível do ensino das escolas estaduais, a governadora se esquiva da responsabilidade e coloca a culpa nos professores da rede estadual – em greve desde o dia 23 de abril passado, por conta da não aprovação do Estatuto do Educador no Estado: “Se as escolas não têm qualidade, você tem que cobrar isso dos professores”.

Em meio a um acalorado debate, o jovem rebate: “Eu estou falando é de infraestrutura da sala de aula, escola com estrutura adequada”. A resposta deixou os presentes no palanque em meio a uma saia justa. Na gravação disponível na internet é possível ver secretários tentando arrancar o microfone das mãos do rapaz. No fim do vídeo, depois de insistir na responsabilização dos educadores pela greve, Roseana replica ao aluno: “E depois eu quero seu nome que eu vou ver a sua nota lá, pra ver se tu tá estudando mesmo. Não adianta vir brigar comigo!”

Após a repercussão nacional do assunto, a Secretaria de Comunicação do governo do Estado encaminhou nota ao Blog do Ricardo Noblat, editor do jornal ‘O Globo’, que também repercutiu o vídeo.

A nota sugere que a greve continua devido aos professores, que não finalizaram análise do Estatuto do Educador, que deveria ter sido proposto desde 2009, mas somente este ano foi encaminhado pelo governo do Estado. No esclarecimento enviado pelo governo, a Secom chega a culpar o debate político pela insatisfação do aluno.

“Por fim, é preciso dizer que, como no Brasil todo, também no Maranhão o debate sobre as futuras eleições, embora tão longe, começou e isso vem transformando atos administrativos como a visita da governadora ao interior do Estado, em ações políticas de adversários”, finaliza a nota.

Abaixo, a transcrição da discussão:

Roseana: Se as escolas não têm qualidade, você tem que cobrar isso dos professores.

Estudante: Eu estou falando é de infraestrutura da sala de aula, escola com estrutura adequada.

Roseana: Ei, ei, ei, olha aqui. Eu quero saber qual foi sua nota do Enem.

Estudante: Eu ainda não fiz o Enem, tô sem aula, e tô correndo risco de não fazer o Enem porque não tem professor na sala de aula.

Leia a íntegra da nota da Secom:

“Sobre o ocorrido durante o Governo Itinerante hoje, no município de Governador Edison Lobão, a Governadora Roseana Sarney disse que o empenho do Governo do Maranhão tem sido fundamental para fazer com que os professores participem diretamente das decisões que visam melhorar o salário e as condições de trabalho da categoria e, por isso, a greve está chegando ao fim.

A governadora lembra que o Maranhão é o estado que tem um dos maiores salários de professores no Brasil. A manifestação do estudante, durante o Itinerante no interior do estado, não se trata de discussão ou bate boca, mas sim da demonstração de que há voz e espaço para todos durante os encontros com a Governadora.

A nova proposta do Estatuto dos Professores, que está em análise, teve a elaboração do Governo do Maranhão juntamente com o Sindicato dos Professores. O próprio Sinproessema verificou o Estatuto, ponto a ponto, podendo confirmar que ele significa o maior ganho da categoria nas últimas décadas em termos salariais e de promoção Foi o Sindicato que solicitou uma revisão na planilha salarial e, por isso, o Estatuto ainda não foi encaminhado à Assembleia Legislativa do Maranhão.

O que se espera é que haja, por parte de todos, e principalmente por parte dos estudantes, o reconhecimento pelo esforço para oferecer um ensino com mais qualidade nas salas de aula do Maranhão.

Por fim, é preciso dizer que, como no Brasil todo, também no Maranhão o debate sobre as futuras eleições, embora tão longe, começou e isso vem transformando atos administrativos como a visita da governadora ao interior do Estado, em ações políticas de adversários.

Tendo isso esclarecido, respeitosamente informamos que o Blog do Noblat é um veículo cuja credibilidade é inquestionável no Maranhão, e estamos certos de que o seu olhar atento sobre os fatos resguardará o valor deste canal”.

Carla Georgina da Silva, secretária adjunta de Comunicação do Estado