POR VALQUÍRIA FERREIRA

Uma ação de combate à criminalidade, realizada na área Itaqui-Bacanga, resultou na prisão de oito homens e na apreensão de três adolescentes, todos acusados pelos crimes de homicídio, assaltos e tráfico de drogas. Os suspeitos foram capturados por investigadores do 5º Distrito Policial (DP), do Anjo da Guarda; e pelo Serviço de Inteligência da Polícia Militar (SI-PM).

Entre os presos está Jairo Reis Gomes, o “Pixirico” ou “Psirico”, de 18 anos, conhecido como um homem muito temido na área do Fumacê. Ele foi preso na tarde de quarta-feira, na Avenida Vaticano, s/n, no ponto final de ônibus do Fumacê – área do Anjo da Guarda. No mesmo local, foi capturado José Edmo Diniz França, o “Edinho” ou “Louro”, que estava foragido da Penitenciária de Pedrinhas.

Os investigadores do 5º DP prenderam, ainda, Fabiano Viana de Moura, de 22 anos, e apreenderam três adolescentes. Com o grupo, foram apreendidos três capacetes, uma moto Honda preta, de placa NXE-0502, e uma motocicleta Honda Fan preta, placa NWU-4588 – veículos que, segundo a polícia, eram usados para a prática de crimes.

De acordo com o delegado Walter Wanderley, titular do 5º DP, Pixirico é muito temido na região do Fumacê por liderar uma gangue chamada “Mensageiros do Inferno”, fazer disparos em via pública, praticar roubos e traficar drogas. “Temos muitas reclamações por parte da sociedade, do Disque Denúncia e do Ciops, de que Pixirico atormenta e causa terror no Fumacê”, contou.

A polícia informou que o grupo de Pixirico é acusado de assassinar, no dia 16 de agosto de 2012, João Pedro Silva, de 24 anos, que teria ido comprar um churrasquinho junto com sua mulher, Jaqueline Sousa, que estava grávida de quatro meses, e foi alvejado com vários tiros.

JP24404.22

Outra prisão – Na manhã de ontem (23), policiais do Serviço de Inteligência da Polícia Militar (SI-PM) efetuaram a prisão de mais cinco suspeitos, na comunidade Riacho Doce – região da Vila Embratel.

Ademir Sousa Santos, de 21 anos, e Sidney Pinheiro Martins, conhecido como “Bolinha”, 18, foram presos acusados de fazerem parte do grupo de “Kaic”, que matou o taxista Filomeno Almeida dos Santos, 77, na noite de segunda-feira (20), no Parque Pindorama. Segundo o delegado Walter Wanderley, o grupo de “Kaic” é responsável por vários assaltos a postos de combustíveis e a residências de luxo.

Maxuel da Silva Azevedo, de 26 anos, e Guilherme Azevedo Ribeiro, 33, foram capturados portando 10 pedras de crack. O quinto suspeito, Valdenês Ribeiro Azevedo, 45, foi detido para averiguação.

Todos os presos foram conduzidos ao 5º DP e apresentados ao delegado Walter Wanderley.