POR VALQUÍRIA FERREIRA

Jhonata de Freitas Alves, de 25 anos; e Adenilson Araújo de Sousa, 29, morreram no final da tarde de quarta-feira (6), em um acidente de trânsito na Estrada da Maioba (MA-202), próximo ao Bar Beira Rio, no município de Paço do Lumiar. A dupla estava em uma motocicleta, que foi atingida por uma carreta Scania, por volta das 17h26.

De acordo c populares, as vítimas estavam numa CG Titan, cor preta e placa NWV-8613, quando a Scania, cor branca e placa NNF-7052 (Raposa–MA), colidiu na traseira da moto para depois passar por cima dos dois ocupantes do veículo pequeno. Foi informado que Jhonata e Adenilson seguiam do serviço, c sentido ao município da Raposa, e após passarem pela entrada que dá acesso ao Porto do Macajituba, foram atingidos pelo veículo Scania semirreboque – tipo prancha, que serve para transportar maquinário.

Testemunhas contaram que a Scania passou da moto e, antes de concluir a ultrapassagem, retornou para a via direita, ocasião na qual atingiu o veículo de duas rodas. Após a colisão, o piloto e o passageiro caíram ao chão e foram esmagados pela carreta, ficando c parte do corpo esmagada.

O condutor da Scania, Edielson Braga de Almeida, de 27 anos, morador do Conjunto São Raimundo, fugiu sem prestar socorro e, durante a noite, se apresentou acpanhado de um advogado no Plantão do Cohatrac.

A Polícia Militar foi acionada e preservou o local do acidente até a chegada dos peritos do Instituto de Criminalística (Icrim). Os corpos foram removidos ao Instituto Médico Legal (IML), para os exames de praxe. O laudo da perícia deve sair em 30 dias.

Jhonata de Freitas e Adenilson Araújo moravam no município da Raposa. Jhonata era ajudante de armador em construção civil, morava na Rua da Lavanderia e tinha dois filhos. Adenilson de Araújo era carpinteiro e pedreiro, morador da Avenida Principal do Inhaúma.

Os dois corpos foram sepultados na tarde de ontem (7), no Cemitério Jardim da Paz, na Estrada de Ribamar.