Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Identificada mulher presa sob suspeita de sequestrar bebê na Santa Casa

O Jornal Pequeno apurou que o nome da mulher presa, no final da manhã de hoje, sob suspeita de ter sequestrado, na manhã de 6 de março, a menina Clara Fernanda Jurema do berçário da Santa Casa de São Luís, é Daniela Alves, de 25 anos, moradora da avenida Kennedy.

O Jornal Pequeno apurou que o nome da mulher presa, no final da manhã de hoje, sob suspeita de ter sequestrado, na manhã de 6 de março, a menina Clara Fernanda Jurema do berçário da Santa Casa de São Luís, é Daniela Alves, de 25 anos, moradora da avenida Kennedy. A criança estava com a mulher. Ela tentava registrar a menina num cartório da maternidade Benedito Leite quando foi presa. A polícia encaminhou o bebê para a Santa Casa e a menina está sendo assistida por um pediatra.

Foto: DIVULGAÇÃO

Daniela Alves foi presa suspeita de sequestrar bebê

O delegado José Milton Pereira, da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), revelou, em entrevista à imprensa, no início da tarde de hoje, que houve participação no sequestro de duas auxiliares de enfermagem da Santa Casa, que teriam recebido R$ 1.500 para ajudar a sequestradora a levar a criança. O JP apurou que os primeiros nomes das auxiliares são Ormídia e Maria do Carmo.
 
A suspeita e as duas auxiliares de enfermagem foram levadas para a DPCA. Um teste de DNA determinará se a menina encontrada hoje é mesmo Clara Fernanda, filha de Luziete Garcês Jurema. O bebê foi levado instantes depois do parto.

(Da Redação do JP)

Carregando