Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

São Domingos recebe mutirão processual

Entre os dias 23 e 27 de março o município de São Domingos recebeu 11 juízes e sete promotores de Justiça que participaram de um mutirão processual no município.

Entre os dias 23 e 27 de março o município de São Domingos recebeu 11 juízes e sete promotores de Justiça que participaram de um mutirão processual no município. Durante os cinco dias de trabalho foram analisados 400 processos, entre cíveis e criminais. Além disso, foram realizados três júris em São Domingos e outros três em Colinas.

De acordo com o juiz Marcelo Elias Matos e Oka, coordenador do mutirão, a situação no município é grave, já que não há juiz, promotor titular e nem mesmo delegado de polícia. Antes do mutirão processual a comarca de São Domingos tinha cerca de 3.900 processos parados, alguns deles com cerca de 20 anos.

Representando o Ministério Público, participaram os promotores de Justiça José das Chagas Leitão Jr. (titular da promotoria de Gov. Eugênio Barros, respondendo por São Domingos) e os integrantes do Grupo de Promotores Itinerante (GPI), Fernando Antonio Berniz Aragão, André Charles Alcântara Martins Oliveira, Gustavo de Oliveira Bueno, Moisés Caldeira Brant e Letícia Teresa Sales Freire.

Além do Tribunal de Justiça e Ministério Público, o mutirão processual contou com o apoio da prefeitura de São Domingos e de voluntários que se juntaram aos servidores da Justiça e MPMA. No encerramento do mutirão processual, os servidores das instituições e os voluntários receberam certificados pela participação e o agradecimento do coordenador do mutirão.

Para o diretor da Secretaria para Assuntos Institucionais (Secinst) do MPMA, Laert Pinho de Ribamar, que representou a procuradora-geral de Justiça, Maria de Fátima Rodrigues Travassos Cordeiro, trabalhos como esse valorizam o Ministério Público, pois atendem às necessidades da população. Na ocasião, o diretor da Secinst garantiu total apoio da instituição ao Grupo de Promotores Itinerante. Já há projetos, inclusive, de realização de mutirões extra-judiciais pelo grupo.

Estiveram presentes no encerramento do mutirão processual os promotores de Justiça Fernanda Maria Gonçalves de Carvalho e José Augusto Cutrim Gomes, que representaram a Corregedoria Geral do Ministério Público. (Coordenação de Comunicação / MPE)

Carregando