Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Jackson Lago anuncia investimentos no setor industrial do Maranhão

O governador Jackson Lago assinou, nesta sexta-feira (03), decreto que declara a área necessária à implantação do Distrito Agroindustrial de Balsas como de utilidade pública, anunciou a criação do Pólo Logístico Distribuidor de São Luís e assinou ordem de serviço para o início das obras de revitalização do Distrito Industrial de São Luís.

O governador Jackson Lago assinou, nesta sexta-feira (03), decreto que declara a área necessária à implantação do Distrito Agroindustrial de Balsas como de utilidade pública, anunciou a criação do Pólo Logístico Distribuidor de São Luís e assinou ordem de serviço para o início das obras de revitalização do Distrito Industrial de São Luís.

O conjunto de ações permitirá sensível mudança no cenário produtivo do Maranhão. Na mesma solenidade foi anunciada a instalação da primeira indústria de beneficiamento de alumínio no Maranhão, a Brascopper, que nos próximos anos vai investir no Estado R$ 78 milhões, o que representará a geração de centena de empregos.
 
Ao anunciar os novos investimentos, o governador destacou que o Maranhão é um estado rico, de grandes potencialidades, mas que teve seu povo empobrecido ao longo dos últimos 40 anos. “O Maranhão avança para sair desta situação. Estamos tomando iniciativas no sentido de que a nossa população deixe de ser pobre, através da oportunidade de trabalho, de emprego e de renda”, disse Jackson Lago.
 
“Temos procurado propiciar condições de trabalho para as empresas que venham aqui se instalar. Neste momento, por exemplo, assinamos a ordem de serviço para a revitalização urbanística do distrito industrial, que não é feito desde que ele foi concebido e assinamos convênio com empresa que vai, pela primeira vez, industrializar o alumínio aqui no Maranhão, o que era um sonho de décadas. Também estamos oferecendo a Balsas, o distrito industrial, necessário para o seu desenvolvimento mais amplo”, destacou o governador.
 
Participaram da solenidade, o vice-governador do Estado, pastor Luiz Porto, o prefeito de Balsas, Francisco Coelho, o secretário em exercício das Cidades e Infraestrutura, Paulo César Rocha, o secretário de Indústria e Comércio, Júlio Noronha, o gerente de projetos da Brascopper, Franz Krebs Von Ermland Júnior, o líder do governo na Assembléia, deputado Edivaldo Holanda, o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão, Jorge Mendes, o gerente de Comercialização da Alcoa, Jailson Luz, e do secretário municipal de Articulação Política, Francisco Viana, que na solenidade representou o prefeito de São Luís, João Castelo.
 
O gerente de projetos da Brascopper explicou que o investimento só está sendo possível graças a parceria da empresa com a Alcoa e com o governo do Estado, visando o desenvolvimento do Maranhão.

A meta da empresa, que deverá começar a operar em no máximo dois anos, é produzir 2.500 toneladas de vergalhões de alumínio laminado e 600 toneladas de trifilado na fase inicial. A Brascopper será instalada no distrito industrial de São Luís e ocupará uma área de 58.959,96 metros quadrados. Ela vai aproveitar o alumínio líquido produzido na Alumar e industrializar criando uma atividade nova no Estado, permitindo que o produto final seja de fato comercializado no Maranhão.    
 
Desenvolvimento econômico

A assinatura do decreto tornando de utilidade pública a área do Distrito Agroindustrial de Balsas é o segundo passo dado pelo governador Jackson Lago para a criação do distrito no município, cujo decreto de criação foi assinado no dia 20 de março deste ano. A criação do distrito é um ponto de fundamental importância para o desenvolvimento econômico da Região Sul do Estado, que ganhou destaque nacional na produção de soja. É também uma antiga reivindicação da população da região. O distrito será instalado às margens da BR-230, km 06, no trecho Balsas em direção ao município de Riachão com área de 150 ha.
 
“O distrito industrial vem completar o processo de crescimento e desenvolvimento de Balsas, que não será apenas grande produtora de soja, mas também de outras cadeias produtivas. Quero parabenizar o governador Jackson Lago por essa iniciativa, que tem se empenhado em promover o desenvolvimento do Maranhão em parcerias com as prefeituras municipais. É desejo de todos nós que as parcerias sejam fortalecidas para que possamos assegurar conforto e tranqüilidade aos empresários e eles possam investir o seu dinheiro com menor risco possível de perda para os seus empreendimentos”, observou o prefeito Francisco Coelho.
 
A criação do Pólo Logístico Distribuidor de São Luís, por sua vez, vai dotar o Maranhão de uma grande central de armazenamento de mercadorias e irá diminuir o tráfego de veículos pesados no trânsito da capital. No local serão concentradas as empresas atacadistas de gêneros alimentícios, produtos de higiene, limpeza e conservação, como o supermercado Maciel, Carone e Mateus, entre outros.
 
Como último ponto da solenidade, o governador assinou a ordem de serviço para o início das obras de revitalização do Distrito Industrial de São Luís, que consiste na recuperação de vias, uma antiga reivindicação dos empresários que possuem empreendimento na área. (Da Secom / Governo do Estado)

Carregando