Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Chuva encerra GP da Malásia; Button vence, mas leva metade dos pontos

O inglês Jenson Button conquistou neste domingo sua segunda vitória na temporada 2009 da F-1. O piloto da Brawn venceu o GP da Malásia, mas só levou a metade dos pontos da prova. Isso porque a corrida teve apenas 33 das 56 voltas previstas –31 foram consideradas–, devido às fortes chuvas que caíram no circuito de Sepang.

O inglês Jenson Button conquistou neste domingo sua segunda vitória na temporada 2009 da F-1. O piloto da Brawn venceu o GP da Malásia, mas só levou a metade dos pontos da prova. Isso porque a corrida teve apenas 33 das 56 voltas previstas –31 foram consideradas–, devido às fortes chuvas que caíram no circuito de Sepang.

Assim, o líder do Mundial de pilotos só ficará com cinco dos dez pontos que um vencedor costuma levar. O alemão Nick Heidfeld, da BMW, foi o segundo, enquanto Timo Glock, da Toyota, chegou na terceira colocação.

O outro piloto da Brawn, Rubens Barrichello, foi o melhor brasileiro. Após largar no oitavo lugar, ele completou a parcela da prova no quinto posto, enquanto Felipe Massa, da Ferrari, foi nono.

A F-1 volta a se reunir no dia 19 de abril, quando acontece o GP da China, em Xangai, terceira etapa da categoria neste ano.

Corrida

Saindo da quarta colocação, o alemão Nico Rosberg pulou para o primeiro lugar na largada. O piloto da Williams se aproveitou da saída ruim do pole position, Button, que perdeu três posições.

Ao contrário de Button, Barrichello, o outro piloto da Brawn, foi bem no início da prova. Do oitavo posto que ocupava no grid, foi parar rapidamente no quinto lugar. Pouco depois, ultrapassou Alonso e subiu para quarto.

Parando algumas voltas depois de Rosberg e Trulli, que ocupavam as primeiras colocações, Button aproveitou a vantagem de ter a "pista limpa" e ficou na liderança após seu pit stop inicial.

A chuva chegou ao circuito de Sepang com cerca de 40 minutos de corrida, obrigando as equipes a voltarem para os boxes para colocar pneu para pista molhada –Massa e Nelsinho Piquet ainda não haviam realizado seus pit stops e se privilegiaram da situação.

As condições de uma pista apenas úmida foram as ideais para Timo Glock. O alemão da Toyota foi realizando ultrapassagens em sequência e rapidamente chegou à vice-liderança da prova.

Só que a chuva apertou e instaurou um caos na corrida. Na 31ª volta, o safety car entrou na pista. Logo na sequência, a bandeira vermelha interrompeu a prova, que seria posteriormente concluída por falta de condições.

"Eu não conversei com ninguém. Estou aqui na minha. A decisão de paralisar a corrida já veio tarde. Para acabar nulo é melhor continuar a corrida, mas vamos ver se vai dar para continuar", disse Massa, antes da decisão de não levar a prova adiante.

Classificação da corrida

1. Jenson Button (ING/Brawn)
2. Nick Heidfeld (ALE/BMW)
3. Timo Glock (ALE/Toyota)
4. Jarno Trulli (ITA/Toyota)
5. Rubens Barrichello (BRA/Brawn)
6. Mark Webber (AUS/Red Bull)
7. Lewis Hamilton (ING/McLaren)
8. Nico Rosberg (ALE/Williams)
9. Felipe Massa (BRA/Ferrari)
10. Sebastien Bourdais (FRA/Toro Rosso)
11. Fernando Alonso (ESP/Renault)
12. Kazuki Nakajima (JAP/Williams)
13. Nelsinho Piquet (BRA/Renault)
14. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari)
15. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull)
16. Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso)
17. Adrian Sutil (ALE/Force India)
18. Giancarlo Fisichella (ITA/Force India)

Não-classificados
Robert Kubica (POL/BMW)
Heikki Kovalainen (FIN/McLaren)

Classificação do Mundial de Pilotos após 2 de 17 corridas: 

Posição  Piloto  País  Equipe  Pontos 
1  Jenson Button ING Brawn-Mercedes 15
2  Rubens Barrichello  BRA  Brawn-Mercedes  10 
3  Jarno Trulli ITA Toyota 8,5
4  Timo Glock ALE Toyota 8
5  Nick Heidfeld ALE BMW Sauber 4
6  Fernando Alonso ESP Renault 4
7  Nico Rosberg ALE Williams-Toyota 3,5
8  Sebastien Buemi SUI STR-Ferrari 2
9  Mark Webber AUS RBR-Renault 1,5
10  Lewis Hamilton ING McLaren-Mercedes 1
11  Sebastien Bourdais FRA STR-Ferrari 1
 

(Da Folha Online)

Carregando