Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Button vence o GP do Bahrein, e ‘revolução’ na F-1 continua

A “revolução” em 2009 na F-1 continua. Vencedor das etapas da Austrália e da Malásia, o piloto inglês Jenson Button, da Brawn, novamente brilhou e ficou com a primeira posição no GP do Bahrein, neste domingo.

A "revolução" em 2009 na F-1 continua. Vencedor das etapas da Austrália e da Malásia, o piloto inglês Jenson Button, da Brawn, novamente brilhou e ficou com a primeira posição no GP do Bahrein, neste domingo.

A segunda colocação terminou com o alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, e a terceira posição acabou com o italiano Jarno Trulli, da Toyota.

Rubens Barrichello, da Brawn, foi o brasileiro mais bem posicionado, em quinto lugar. Nelsinho Piquet, da Renault, ficou em décimo, e Felipe Massa, da Ferrari, em 14º.

Com o resultado, o campeonato é liderado por Button com 31 pontos.

Nessa temporada, a F-1 vive uma "revolução", com pilotos e equipes que em 2008 estavam longe de ser protagonistas e hoje frequentam as primeiras posições.

Já Ferrari e McLaren, que disputaram o título no ano passado, ainda tentam se recuperar. Essas equipes imaginam que devam andar melhor a partir da próxima etapa, em Barcelona, no dia 10 de maio, pois realizarão mais mudanças nos carros.

Vice-campeão no ano passado, Massa, que completou 28 anos no sábado, teve problemas logo depois de uma largada acirrada. O brasileiro, que saiu da sexta posição, em uma disputa com o seu companheiro de equipe, Kimi Raikkonen, foi tocado. Com isso, Massa teve um problema no seu carro, o que provocou a sua volta aos boxes.

Massa, que passou a ocupar a 17ª colocação, tentou fazer uma corrida de recuperação. Porém, a sua Ferrari não mostrou a mesma força da temporada passada.

O brasileiro já tinha passado em branco, sem conquistar nenhum ponto, nas três primeiras etapas do Mundial, algo que nunca havia ocorrido nem mesmo quando ele era da Sauber.

Na disputa pela vitória, Jenson Button andou muito veloz. Ele, que estava em terceiro lugar, aproveitou bem quando os pilotos da Toyota, Glock e Trulli, foram aos boxes, passou a ocupar a primeira posição e manteve um ótimo rendimento. (Da Folha Online)

Carregando