Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Encontro de Gigantes movimenta a Maria Aragão neste final de semana

Termina em grande estilo, neste final de semana, a temporada do pré-São João 2009.

Termina em grande estilo, neste final de semana, a temporada do pré-São João 2009. Lançado este ano pela Fundação Municipal de Cultural (Func), o ensaio contemplou vários grupos folclóricos que, pela primeira vez na história da nossa cultura popular, puderam se preparar para a temporada na Praça Maria Aragão com toda infra-estrutura de palco, som com gerador, iluminação, banheiros químicos e segurança através da Guarda Municipal e Polícia Militar.
 
Como vem acontecendo ao longo dos últimos anos, a Func tem apoiado o Encontro de Gigantes, cuja décima oitava edição acontece nesta sexta-feira (29) a partir das 20h, com show de Roberto Ricci, Boi da Pindoba e apresentação dos cantadores Zé Alberto (Leão Devorador), Humberto (Maracanã), Chagas (Maioba), João Chiador (Ribamar), Adelino (Iguaíba), Lelê (Pindoba), Dico (Boi de Panaquatira) e Mané Onça (Madre Deus). A produção do evento é realizada pelo bloco tradicional “Os Tremendões”.  
 
A festança não pára e, no sábado (30), a noitada de ensaios está reservada para o Cacuriá de Dona Teté, que será a primeira atração. Em seguida, o palco será liberado para o bumba-meu-boi “Mirantes da Ilha”. E encerrando, como última grande atração da noite, entra em cena o grupo folclórico no sotaque de orquestra “Encantos da Vila Passos”. Os ensaios começam a partir das 19 horas.

Histórico

O Encontro de Gigantes nasceu em 1991, e sua realização foi possível graças ao apoio da Fundação Municipal de Cultura, na pessoa do então presidente, o falecido Nelson Brito. Assim durante 13 anos, o encontro aconteceu debaixo da ponta da Camboa, local que ficou batizado como o marco de criação do evento. A saída do local para a Praça Maria Aragão, só aconteceu a partir do ano de 2005.
 
Segundo o presidente do bloco tradicional “Os Tremendões”, Raimundo Melo, a idéia era fazer uma festa para angariar recursos e levar o grupo à passarela no Carnaval de São Luís. “Naquele tempo, não tínhamos muito apoio, então pensei em fazer algo no São João para que pudéssemos ganhar dinheiro e iniciar os trabalhos do bloco já no mês de julho”, lembra Melo.
 
De lá para cá, a festa só tem crescido e hoje já integra o calendário junino da cidade. Mas nem sempre foi assim. No primeiro ano do encontro, apenas Chiador, Zé Alberto e Humberto de Maracanã se apresentaram.

“Ao contrário de hoje, quando um batalhão de matraca fica à disposição dos cantadores. Na época, era Roberto Ricci e seu ‘violão mágico’ que faziam às vezes de batalhão”, conta ele. Apenas uma coisa não mudou do início da festa até hoje. “Desde a primeira vez que fizemos o evento, o público compareceu e até hoje isto se mantém”, relatou Raimundo Melo. 
   
SERVIÇO:
O QUÊ?
18º Encontro de Gigantes
Quando?
Dia 29 de maio, às 20h.
Onde?
Praça Maria Aragão 

 
QUEM VAI SE APRESENTAR
Roberto Ricci
Boi da Pindoba
José Alberto (Leão Devorador)
Humberto (do Maracanã)
Adelino (Boi de Iguaíba)
Mané Onça (Boi da Madre Deus)
Chagas (Boi da Maioba)
Dico  (Boi de Panaquatira)
Lelé (Boi da Pindoba)
João Chiador (Boi de Ribamar)
(Da Secom / Prefeitura de São Luís)

Carregando