Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Prefeito de Barão de Grajaú é condenado por não prestar contas de recursos para educação

O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou Raimundo Nonato e Silva, prefeito de Barão de Grajaú (MA), a pagar R$ 170.602,55, valor atualizado, por não prestar contas de recursos repassados ao município.

O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou Raimundo Nonato e Silva, prefeito de Barão de Grajaú (MA), a pagar R$ 170.602,55, valor atualizado, por não prestar contas de recursos repassados ao município. Os valores foram transferidos por meio do convênio com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e eram destinados à manutenção de escolas públicas. Silva tem 15 dias para pagar o valor da condenação aos cofres do FNDE e multa de R$ 5 mil ao Tesouro Nacional.
 

Cópia da decisão foi enviada para a Procuradoria da República em Maranhão. Cabe recurso da decisão. O ministro Augusto Sherman foi o relator do processo. (Da Ascom / TCU)

Carregando