Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Cruzeiro derrota o Grêmio e abre vantagem na semi da Libertadores

O Cruzeiro derrotou o Grêmio por 3 a 1 e saiu na frente na semifinal da Taça Libertadores-2009, nesta quarta-feira, no estádio Mineirão, em Belo Horizonte, com gols de Wellington Paulista, Wagner e Fabinho. Para o Grêmio, Souza marcou.

O Cruzeiro derrotou o Grêmio por 3 a 1 e saiu na frente na semifinal da Taça Libertadores-2009, nesta quarta-feira, no estádio Mineirão, em Belo Horizonte, com gols de Wellington Paulista, Wagner e Fabinho. Para o Grêmio, Souza marcou.

A partida de volta, que definirá qual equipe avançará à decisão, será disputada em Porto Alegre, no dia 2 de julho. A equipe mineira poderá perder por um gol de diferença que se classificará.

A outra semifinal será aberta na quinta-feira na Argentina entre o Estudiantes (ARG) e o Nacional (URU). O segundo jogo desse confronto será no dia 1º de julho no Uruguai.

Para disputar uma vaga na decisão, o Grêmio acabou invicto a fase de grupos com cinco vitórias e um empate. Nas oitavas, eliminou o San Martín (PER), e, nas quartas, superou o Caracas (VEN).

A trajetória do Cruzeiro também foi boa. Na fase de grupos, a equipe mineira ficou em primeiro lugar, com quatro vitorias, um empate e uma derrota. No mata-mata, o time atropelou os rivais. Primeiro, ganhou as duas partidas da Universidad de Chile. Depois, eliminou, de novo com dois triunfos, o São Paulo.

Na partida desta quarta, o Grêmio foi comandado pelo técnico Paulo Autuori, campeão da Libertadores com o Cruzeiro em 1997. Já o Cruzeiro foi dirigido pelo treinador Adilson Batista, campeão como jogador dessa competição sul-americana em 1995 pelo Grêmio.

Mesmo fora de casa, o Grêmio criou boas oportunidades de abrir o placar. O centroavante Alex Mineiro perdeu duas grandes chances. Maxi López também desperdiçou um lance incrível ao arrancar com a bola e acertar a trave rival.

O Cruzeiro também criava boas jogadas, mas não conseguia sufocar o time gaúcho. Na parte final do primeiro tempo, o time cresceu e chegou ao gol aos 38min, Wellington Paulista desviou um cruzamento e fez 1 a 0.

Logo no começo do segundo tempo, a equipe mineira ampliou a vantagem. Wagner arriscou um chute, a bola bateu no gremista Tcheco e entrou no gol, aumentando a festa no Mineirão.

O Cruzeiro não recuou e continuou melhor em campo. O terceiro gol chegou aos 22min, com Fabinho, que cabeceou certeiro.

Aos 28min, o árbitro chileno Enrique Osses se contundiu e não pôde continuar no jogo. Ele foi substituído por Jorge Osorio.

O Grêmio reagiu e, em bela cobrança de falta, Souza balançou as redes aos 34min, diminuindo a diferença no placar. (Da Folha Online)

Carregando