Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Lionel Richie defende Michael Jackson de nova acusação de pedofilia

Lionel Richie, velho amigo de Michael Jackson, morto em 2009, defendeu o Rei do Pop das acusações de pedofilia dizendo que o novo processo contra o astro é uma “falácia”, nesta quinta-feira, após o advogado do autor da ação chamar o cantor de “monstro”. Coreógrafo acusa Michael Jackson de abuso sexual O coreógrafo australiano Wade […]

lionelLionel Richie, velho amigo de Michael Jackson, morto em 2009, defendeu o Rei do Pop das acusações de pedofilia dizendo que o novo processo contra o astro é uma “falácia”, nesta quinta-feira, após o advogado do autor da ação chamar o cantor de “monstro”.

Coreógrafo acusa Michael Jackson de abuso sexual

O coreógrafo australiano Wade Robson entrou com uma ação na Justiça alegando “abuso sexual infantil”, por parte de Jackson, apesar de ter testemunhado a favor do cantor em outro julgamento por pedofilia, em 2005, afirmando que o astro nunca o tocou.

Na ação, os advogados de Robson pedem a um juiz de Los Angeles que lhes autorize apresentar seu cliente como credor da herança de Michael Jackson. Wade Robson passou uma temporada de sua adolescência no rancho Neverland.

Os advogados afirmaram ainda que Robson entrou em colapso pelo estresse e pelo trauma sexual causados pelo que aconteceu com ele durante sete anos de sua infância. “Viveu com a lavagem cerebral de um pedófilo até que o peso dessa carga o esmagou”, alegaram acrescentando que Jackson teria ameaçado o coreógrafo dizendo que se alguém soubesse do que fizeram os dois iriam para a prisão pelo o resto de suas vidas.

Em resposta, Howard Weitzman, um dos advogados dos testamenteiros de Michael Jackson, disse que a acusação é “pátética”. “É um jovem que testemunhou em duas ocasiões, sob juramento, nos últimos 20 anos e disse em inúmeras entrevistas que Michael Jackson nunca havia lhe feito nada inapropriado”, argumentou. “Agora quase quatro anos depois da morte de Michael, ciram essa triste e inverossímil acusação”, completa.

(Fonte: SRZD)

Carregando