Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Coreia do Norte está em alerta militar

O governo da Coreia do Norte ordenou que as tropas fiquem em alerta para iniciar as operações em resposta às manobras militares que a Coreia do Sul, os Estados Unidos e o Japão farão hoje (8) em águas sul-coreanas

Renata Giraldi*
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O governo da Coreia do Norte ordenou que as tropas fiquem em alerta para iniciar as operações em resposta às manobras militares que a Coreia do Sul, os Estados Unidos e o Japão farão hoje (8) em águas sul-coreanas. Todas as unidades do Exército Popular norte-coreano receberam a chamada “ordem de emergência” para estar preparadas para “iniciar rapidamente operações em qualquer momento, vigiando de perto cada movimento dos agressores”, diz comunicado publicado na agência estatal norte-coreana KCNA.

A Coreia do Sul, os Estados Unidos e o Japão fazem manobras navais conjuntas de três dias em águas sul-coreanas, com a participação do porta-aviões de propulsão nuclear USS George Washington. O governo norte-coreano acusou os norte-americanos de divulgar “puras mentiras” ao negar que há uma política hostil em relação à Coreia do Norte.

A Coreia do Norte qualificou a presença do porta-aviões norte-americano em águas sul-coreanas como uma ameaça de ataque nuclear. Para as autoridades norte-americanas, as ações dos Estados Unidos poderão causar “os desastres mais imprevisíveis”, de acordo com o comunicado publicado na KCNA.

Os Estados Unidos têm 28.500 soldados na Coreia do Sul e comprometem-se a ajudar o país em caso de conflito com o Norte. A Guerra da Coreia (1950-1953) terminou com um armistício e não com um tratado de paz.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa

Carregando