Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Peritos ficarão na Síria por um ano para garantir destruição de armas

A destruição do arsenal de armas químicas, na Síria, deve levar um ano, segundo estimativas dos peritos da Organização das Nações Unidas (ONU)

Renata Giraldi*
Repórter da Agência Brasil

Brasília – A destruição do arsenal de armas químicas, na Síria, deve levar um ano, segundo estimativas dos peritos da Organização das Nações Unidas (ONU). Os cem peritos que trabalham nas ações ficarão na Síria para garantir a execução das atividades. Os peritos atuam em uma missão conjunta da ONU e da Organização para a Interdição das Armas Químicas.

As bases operacionais dos peritos ficarão em Damasco (capital) e no Chipre. O objetivo dos peritos é eliminar cerca de 1 mil toneladas de produtos tóxicos em cerca de 40 locais na Síria e destruir todas as instalações de produção de armas químicas no país.

A missão, formada por 20 especialistas, cumprirá três etapas de atividades, que serão concluídas em 30 de junho de 2014. A equipe está na Síria desde o dia 1º para destruir as armas químicas com a “plena cooperação” do governo local, como disse o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa

Carregando