Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Prefeito Edivaldo anuncia pacote de ações para mobilidade urbana em maio

O prefeito Edivaldo Júnior anuncia em maio o Plano Estratégico de Melhorias no Trânsito voltado para a mobilidade urbana

Intervencao_Transito_Renascenca_020414_Foto_FabricioCunha_ (3)-1

Alterações pretendem ampliar a trafegabilidade e reduzir o tempo de deslocamento da população

O prefeito Edivaldo Júnior anuncia em maio o Plano Estratégico de Melhorias no Trânsito voltado para a mobilidade urbana. O plano é composto de 26 intervenções de engenharia de tráfego em diversas áreas da cidade. O pacote de ações inclui a realização de obras estruturantes que proporcionarão maior fluidez ao trânsito e reduzindo pontos de estrangulamento crônicos na cidade

A intenção é diminuir o tempo de deslocamento para quem tem o próprio carro, para motoristas de táxi, transporte alternativo, e, sobretudo, para os usuários de transporte coletivo. “Nós estamos trabalhando para concretizar obras estruturantes para a nossa cidade, que resolverão problemas urgentes de mobilidade urbana, assegurando melhoria na qualidade de vida da população. Os investimentos contemplam ações de curto e médio prazo, a maioria delas a serem executadas ainda este ano”, afirmou o prefeito Edivaldo.

O Plano Estratégico de Melhorias no Trânsito inclui intervenções semafóricas, criação de novos corredores de transporte, faixas exclusivas para ônibus, sinalização asfáltica e com placas indicativas e novos sonorizadores. Os técnicos da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) têm trabalhado numa pauta de ações prioritárias que possam viabilizar intervenções de forma eficiente.

HISTÓRICO

Ainda no ano passado, o prefeito reuniu-se com representantes do governo federal, munido de uma pauta prioritária que destacava os problemas mais urgentes discutidos com a sociedade através do Pacto por São Luís, com o objetivo central de adquirir recursos para instalação dessas obras.

Em março deste ano, São Luís foi contemplada com R$ 480 milhões para o Corredor de Transporte de São Luís, sendo que R$ 240 milhões são recursos do Orçamento Geral da União e os outros 50%, fruto de um financiamento/empréstimo da Prefeitura junto ao governo federal com recursos do FGTS.

Carregando