Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Drone de gaivota faz “cocô de protetor solar” em comercial

A o achar os “alvos”, o robô “defeca” o produto nos na pessoas, que, alegremente, espalham o protetor na pele.

Foto: Reprodução

A popularidade dos drones chegou ao mundo da publicidade. Em um novo comercial da Nivea, uma gaivota robótica caça, através de uma câmera que detecta raios ultravioleta, crianças que não param quietas enquanto os pais tentam passar protetor solar. Ao achar os “alvos”, o robô “defeca” o produto nos pentelhos, que, alegremente, espalham o protetor na pele.

Como se a cena não fosse bizarra o suficiente, a gaivota ainda faz barulhos nada agradáveis a cada vez que uma “carga” de protetor solar é solta, além de não para de balançar as patas, aparentemente possuídas por algum tipo de fantasma tecnológico. O narrador do comercial acredita que o drone cria uma “experiência divertida”. A reação das crianças parece justificar a afirmação, mas os adultos provavelmente estremecem de medo ao pensar numa gaivota mecânica jogando gosma branca do céu.

A ideia também não agradou quem é do meio. De acordo com a Adweek, a Jung von Matt/Elbe, agência responsável pela peça, fez a inscrição do projeto na categoria “marketing” do Festival de Publicidade de Cannes, realizado no meio de junho. Durante uma coletiva de imprensa, John Hegarty, presidente dos jurados e lenda da publicidade, definiu a propaganda como “a coisa mais estúpida que eu vi em toda a minha vida”. Além de não levar nenhuma estatueta para casa, o comercial também vem sofrendo resistência dentro da Nivea. Segundo a Adweek, o setor de relações públicas da empresa não quer promover o vídeo.

Carregando