Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Corpo de Elke Maravilha é enterrado no Rio

Amigos deram último adeus à atriz no Cemitério São João Batista. Ela estava vestindo uma roupa que usou no espetáculo “Elke canta e conta”

Corpo de Elke Maravilha é enterrado no Rio (Foto: Nicolas Satriano/G1)

Corpo de Elke Maravilha é enterrado no Rio (Foto: Nicolas Satriano/G1)

O corpo da atriz Elke Maravilhax foi enterrado na tarde desta quarta-feira (17), no Cemitério São João Batista, em Botafogo, Zona Sul do Rio. O velório aconteceu na parte da manhã, no Teatro Carlos Gomes, no Centro do Rio de Janeiro.

O corpo foi maquiado com maquiagem especial que ela gostava. Ela estava vestindo uma roupa que usou no espetáculo “Elke canta e conta”, que, segundo o irmão, é uma roupa que ela gostava muito e foi confeccionada pelo estilista Breno Bealt, natura de São João Del Rey, em Minas Gerais.

“Quando ela estava hospitalizada, chegou a me pedir para que fosse enterrada bem bonita. Eu mesmo escolhi vestido e adereços que ela mais gostava. A maquiagem está sendo feita por um grupo de amigos daquele jeito que ela gostava”, afirmou Frederico Grunupp, que ainda fez um agradecimento especial ao prefeito Eduardo Paes, que cedeu o teatro Carlos Gomes para o velório e está dando apoio à família para a realização do enterro.

A atriz morreu no Rio de Janeirox, no início da madrugada desta terça-feira (16), aos 71 anos. Elke estava internada na Casa de Saúde Pinheiro Machado, em Laranjeiras, na Zona Sul do Rio, desde o dia 20 de junho.

Elke Maravilha em seu último trabalho, 'Elke Canta e Conta' (Foto: Estúdio Mandala/Divulgação)

Elke Maravilha em seu último trabalho, ‘Elke Canta e Conta’ (Foto: Estúdio Mandala/Divulgação)

O irmão de Elke, Frederico, disse que ela foi operada de uma úlcera e ficou em coma induzido. A atriz morreu por volta de 1h.

“Depois da cirurgia para tratar uma úlcera, e como ela tinha diabetes, acabou não respondendo à medicação”, contou Frederico em entrevista ao EGO.

Antes de ser internada, Elke vinha se apresentando pelo país com o espetáculo “Elke canta e conta”, onde falava de passagens de sua vida desde a infância na Rússia, os casamentos e a vida como modelo e apresentadora.

Durante a internação, o irmão dela disse em entrevista ao G1 que a recuperação estava ocorrendo devagar, principalmente por conta da idade da atriz.

“Conforme as dores foram diminuindo, a medicação foi sendo reduzida. Ela já está sorrindo, pisca o olho e até está mandando beijo. Não perdeu o humor e passa bem”, afirmou Frederico.

Em seu perfil no Facebook, foi postada a seguinte mensagem nesta terça pelo administrador da página:

“Avisamos que nossa Elke já não está por aqui, conosco. Como ela mesma dizia, foi brincar de outra coisa. Que todos os deuses, que ela tanto amava, estejam com ela nessa viagem. ‘Eros anikate mahan’ (O amor é invencível nas batalhas). Crianças: conviver é o grande barato da vida, aproveitem e convivam.”

Carregando