Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Vítima de acidente com trem em Nova Jersey era brasileira

Fabiola Bittar de Kroon tinha 34 anos e era advogada da empresa de software SAP

Foto: Reprodução

A mulher que morreu após um trem descarrilar e bater na estação em Hoboken, em Nova Jersey, nesta quinta-feira era brasileira, segundo o site da rede americana NBC. A vítima foi identificada como Fabiola Bittar de Kroon, de 34 anos, uma advogada na empresa de software SAP. O escritório do médico legista confirmou a identidade da vítima.

De acordo com a NBC, Fabiola havia se mudado fazia pouco tempo para a cidade. O marido da advogada estava viajando a negócios nesta quinta, mas já está voltando a Nova Jersey. Fabiola tem um filho. Segundo policiais, a mulher estava na plataforma da estação em Hoboken e foi atingida por detritos.

Mais de cem pessoas ficaram feridas após o acidente, de acordo com o governador Chris Christie. Todas as pessoas foram resgatadas das ferragens do veículo e encaminhadas para hospitais da região.

Fotografias publicadas por passageiros mostraram um vagão do trem que aparentava ter batido e atravessado um cruzamento da estação, derrubando parte do teto e deixando destroços no local. A estação é usada por muitos passageiros que vão de Nova Jersey para Manhattan, em Nova York, e tem uma circulação de cerca de 50.000 pessoas diariamente. O momento do acidente, por volta das 8h30, no horário local (9h30 em Brasília), é uma das horas mais movimentadas da estação.

Segundo um porta-voz do Centro Médico da Cidade de Jersey, há três pacientes em estado grave, que já estão sendo tratados, e nenhum corre risco de vida. Outras quarenta pessoas também foram enviadas ao hospital e estão passando por uma triagem. O restante dos feridos foi liberado pelos paramédicos ainda na estação.

De acordo com a imprensa local, as teorias preliminares são de um acidente causado por defeitos no veículo ou de um erro não-intencional do condutor.

Carregando