Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Salários de governador, vice e secretários em 2017 serão os mesmos praticados desde 2014

Governo desmente boatos de aumento de salários do executivo estadual

O governador Flávio Dino e o secretário de Comunicação e Articulação Política, Márcio Jerry, desmentiram, na noite de segunda-feira (19), os boatos divulgados por blogs e em redes sociais de que haveria aumento salarial para os cargos de governador, vice e secretário de estado.

Flávio Dino

“É absolutamente mentirosa a notícia de aumento de salário de governador, vice e secretários de estado no Maranhão. Uma invenção criminosa”, declarou o governador.

O boato se refere ao projeto de Lei nº 226/2016 que dispõe sobre o subsídio dos cargos do executivo. Como explicou o secretário Márcio Jerry, o encaminhamento de projeto com essa finalidade deve ser feito anualmente e, na matéria citada, os valores expressos para o ano de 2017 são os mesmos fixados desde 2014.

“A Assembleia Legislativa do Maranhão anualmente define os salários do governador, vice e secretários, que continuam com o mesmo valor de 2014”, declarou.

O governador alertou ainda para a importância da não divulgação de boatos. “Peço respeitosamente que ninguém se deixe pautar por pessoas que usam a mentira como meio de vida. Fico indignado em como há gente especializada em fazer o mal. Por essas e outras, que muita gente séria não quer saber de política”, declarou.

A íntegra do Projeto de Lei 226/2016, em que constam os valores que serão praticados em 2017, pode ser conferida no Diário Oficial desta segunda-feira (19).

Responsabilidade Fiscal

O Maranhão foi recentemente apontado como um dos poucos estados brasileiros que manteve situação fiscal favorável em 2016.

Apesar da grave crise econômica que assola o país, que resultou na redução de R$1,2 bilhões de transferências federais ao estado, o Maranhão conseguiu manter investimentos, alcançados graças à responsabilidade fiscal, que entre outros feitos, permitiu a economia de mais de R$ 300 milhões que eram gastos com supérfluos, o que resultou inclusive, na assiduidade no pagamento dos servidores, que durante todo o ano puderam contar com o adiantamento dos salários.

Samira Simas é uma das internautas que parabeniza o empenho do governo. “Parabéns! No meio do caos dos outros estados, aqui no Maranhão existe a gestão responsável dos recursos públicos”, comentou.

Uma nova antecipação foi anunciada pelo governador na segunda-feira (19). De acordo com o governador Flávio Dino, os salários referentes ao mês de dezembro, que pelo calendário oficial deveria ser pago nos dois primeiros dias úteis do mês de janeiro, será adiantado para o próximo dia 23.

A medida vai beneficiar diretamente mais de 110 mil servidores do Estado, sendo 74 mil ativos (entre efetivos, comissionados e temporários) e 38 mil inativos (aposentados e pensionistas).

(Secom / Governo do Maranhão)

Carregando
O Informante