Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Av dos Holandeses e Litorânea receberão investimentos de R$ 160 milhões

A implantação do BRT irá integrar os diversos modais de transporte público, trazendo diversos benefícios para a população.

Os investimentos para melhoria da mobilidade nas avenidas dos Holandeses e na Litorânea, em São Luís, aumentaram para R$ 160 milhões. Além dos R$ 55 milhões obtidos pelo Governo do Maranhão em operação de crédito com a Caixa, em novembro do ano passado, houve aporte de mais R$ 105 milhões em transação também junto a Caixa, no fim de dezembro.

Segundo o presidente da Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana (MOB), Arthur Cabral, o financiamento torna possível a realização da intervenção em todas as suas etapas. “Com este pacote, mais os recursos próprios do Governo do Estado, nós vamos concluir todo o projeto até a entrada da Praia do Araçagi, com a implantação do BRT”, disse.

Projeto em 3D mostra como ficará a mobilidade nas avenidas dos Holandeses e Litorânea. (Foto: Handson Chagas/Secap)

O primeiro projeto a ser aprovado, para o qual foram liberados R$ 55 milhões, consiste na reestruturação das avenidas Colares Moreira, São Carlos e cerca de 2 km da Avenida Litorânea. A segunda etapa da intervenção, para o qual foram destinados os R$ 105 milhões, compreende as adequações a serem realizadas na Avenida dos Holandeses, até a praia do Araçagi, além da implantação do transporte tipo BRT.

A implantação do BRT irá integrar os diversos modais de transporte público, trazendo diversos benefícios para a população. Entre as vantagens do novo modelo, estão mais conforto e segurança para os usuários de transporte nos municípios da Grande Ilha, e a melhoria do fluxo de veículos na região, uma vez que o BRT circula com maior rapidez que o ônibus comum. Cadeirantes e demais usuários com mobilidade reduzida também conseguem acessar essa alternativa de transporte com mais facilidade.

Previsão de início das obras

De acordo com Arthur Cabral, a obtenção dos recursos necessários possibilita o início das obras o mais breve possível. “Acreditamos que, em meados desse semestre de 2017, nós já estejamos dando os primeiros passos para o início dessa importante obra para a mobilidade urbana da ilha de São Luís”, falou o presidente da MOB.

Para dar início às intervenções, a MOB iniciou os processos para contratação das empresas prestadoras de serviço ainda em dezembro, quando lançou o primeiro lote de licitações. A previsão de abertura de propostas do primeiro lote é 25 de janeiro. O segundo lote de licitação também está previsto para ser lançado ainda em janeiro.

Recursos para a infraestrutura

O acréscimo de R$ 105 milhões nas obras de mobilidade urbana faz parte de um pacote de recursos obtidos pelo Governo do Estado junto à Caixa para viabilizar o programa ‘Maranhão Mais Justo e Competitivo – Infraestrutura’. No total, foram aprovados o repasse de mais de R$ 444 milhões, a serem aplicados nas áreas de mobilidade, saneamento, agricultura e segurança.

Com foco em melhorias de infraestrutura e estímulo ao desenvolvimento do estado, o programa ‘Maranhão Mais Justo e Competitivo’ engloba, além da reestruturação das avenidas Holandeses, Litorânea e implantação do BRT, a continuidade dos programas ‘Mais Asfalto’, ‘Água Para Todos’, ‘Pacto Pela Paz’ e o lançamento do programa ‘Caminhos da Produção’.

O Informante