Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Dois novos poços de água são entregues em São Mateus

Com a entrega, serão pelo menos 4 mil famílias abastecidas com água potável na cidade.

Com os sistemas de abastecimento serão pelo menos 4 mil famílias abastecidas com água potável. (Foto: Nael Reis/Secap)

Dois novos poços foram inaugurados, pelo programa ‘Água para Todos’, no município de São Mateus. A solenidade foi realizada pelo governador em exercício, Carlos Brandão, neste domingo (8). Com a entrega, serão pelo menos 4 mil famílias abastecidas com água potável na cidade, que viveram, por anos, sem água em suas torneiras. Na passagem por São Mateus, Carlos Brandão ainda anunciou a retomada da construção do hospital de 50 leitos.

“Para nós é uma alegria muito grande estar em São Mateus inaugurando dois sistemas de abastecimento. Estamos, também, aproveitando a oportunidade para anunciar a retomada das obras do hospital que estavam paradas por problemas administrativos e jurídicos, contudo já resolvidos. Relançamos, agora, esta obra que é tão importante para a população de São Mateus”, destacou o governador em exercício, Carlos Brandão.

Deixando para trás, passo a passo, o ciclo de falta de água em São Mateus, a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) perfurou mais dois poços, para atender os bairros Vila Barreto e Ayrton Senna e suas adjacências. Cada poço possui vazão de 60 mil litros por hora e atenderão a 2000 famílias em cada localidade. Já foram feitos testes nos poços e as estruturas estão prontas para iniciar o funcionamento e distribuição de água.

“Um dia histórico para São Mateus, o ‘Água para Todos’ continua produzindo resultados rápidos no Maranhão. Hoje entregamos dois poços de grande vazão, que representam dois sistemas de abastecimento de água nessa área da margem esquerda da BR-135 em São Mateus. Vamos fazer agora uma extensão de rede do poço da Vila Ayrton Senna para contemplar ainda mais pessoas e fazer um estudo dos novos bairros que estão surgindo na margem direita da BR”, destacou Davi Telles.

Estes se somam ao poço da Avenida Piqui, inaugurado em julho de 2016, com profundidade de 200m e com vazão de 60 mil litros por hora. As ações integram o Programa ‘Água para Todos’, que visa universalizar o amplo acesso e uso de água para populações que não dispõem desse serviço público essencial.

Aldair Alves, 30 anos, é presidente da Associação dos Moradores Vila Barreto e conta que acredita que com a entrega dos poços a vida dos moradores da região irá melhorar. “A entrega dos poços melhora muito, porque a realidade de São Mateus tem um grande problema de água. Acredito que agora vá mudar não só do nosso bairro, mas da região, que é muito extensa. E o que as pessoas mais cobravam das gestões públicas era que fosse resolvido a necessidade de abastecimento de água”, observou Aldair.

Saúde

Carlos Brandão também visitou as instalações de onde funcionará o Hospital de São Mateus. As obras foram suspensas, conforme Ordem de Suspensão, devido à necessidade de readequações do perfil hospitalar de 40 para 50 leitos e devido seu II/SA (Identificação de Intervenções / Solicitação de Autorização) não estar aprovado no BNDES. No mês de novembro de 2016 o BNDES aprovou, e, em dezembro, a Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) emitiu a sua Ordem de Reinício.

“Todos ganham, estamos muito contentes, é uma obra marcante para o município de São Mateus e para toda a população, que deixará de recorrer aos hospitais de cidades vizinhas, passando por dificuldades”, opinou o prefeito de São Mateus, Miltinho Aragão.

O Informante