Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Na Globo, MC G15 canta versão mais “light” de “Deu Onda”

A versão “mais light” do hit foi cantada pelo músico na manhã desta quarta-feira (11), no programa “Encontro com Fátima Bernardes”, da Globo

Foto: Reprodução

MC G15, responsável pelo hit “Deu Onda”, o mais novo fenômeno musical, trocou o verso “nem fumar maconha” por “não tenho vergonha” ao cantar em rede nacional. A versão “mais light” do hit foi cantada pelo músico na manhã desta quarta-feira (11), no programa “Encontro com Fátima Bernardes”, da Globo.

“Eu não preciso mais beber e não tenho vergonha”, cantarolou MC G15 no programa, substituindo numa versão ainda mais “light” da música que possui duas letras, a romântica e a proibidona, onde a palavra pai também é substituída por pau no refrão.

Questionado sobre a origem da música, o funkeiro respondeu. “A minha namorada [foi a inspiradora], mas eu fiz mesmo [durante] em um filme de terror. Estávamos viajando, em Vitória (ES). Num susto, veio a melodia”, afirmou ele, sobre o momento da composição de “Deu Onda”.

Gabriel da Paixão Soares, ou simplesmente MC G15, contou no programa que está morando há 1 ano em São Paulo e que ainda não acredita no sucesso que está fazendo. “Parece que eu estou sonhando [com o sucesso]. Eu acordo com as pessoas dizendo ‘olha, fulano dançou, fulano cantou'”, relatou.

Os versos “Eu não preciso mais beber / E nem fumar maconha / Que a sua presença me deu onda”, de MC G15, foram cantados nos quatro cantos do país neste Réveillon.

De acordo com a colunista do UOL Adriana de Barros, entre as 20h do dia 31 e as 15h do dia 1º, o videoclipe da música foi visto 5 milhões de vezes.

A primeira versão da música, recheada de palavrões e com 2’46” de duração, foi lançada no final de novembro e não decolou.

Uma nova versão, chamada de “romântica” pelos produtores do MC, chegou no finalzinho de dezembro, dia 21, sem palavrões e com 3’35” de duração. Em 20 dias, acumulou 75 milhões de visualizações, caindo na boca de anônimos e famosos.

Carregando
O Informante