Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Acusado de tentativa de homicídio é absolvido em Estreito

O acusado foi absolvido pelo conselho de sentença, reconhecendo a tese de negativa de autoria.

O juiz Frederico Feitosa, titular da 2ª Vara de Estreito, realizou na última segunda-feira (13) uma sessão do Tribunal do Júri na unidade judicial. O julgamento foi de Nilton Carlos Santana da Cruz, que estava sendo acusado de crime de tentativa de homicídio praticado contra Evandro de Brito Sousa. O acusado foi absolvido pelo conselho de sentença, reconhecendo a tese de negativa de autoria.

Juri em Estreito

Consta no inquérito que o crime ocorreu em agosto de 2015, nas proximidades do Bar Natal. De acordo com testemunhas, a vítima estava no referido bar, quando saiu com destino à casa de uma amiga de nome Larissa. De repente, ele teria sido abordado por Nilton Carlos, que apareceu numa moto. Informaram que Nilton teria sacado um revólver e disparado várias vezes contra Evandro, chegando a acertar três disparos.

A vítima correu para dentro da residência de Larissa, sendo socorrido pelos vizinhos e levado para o Hospital Municipal de Estreito. A Polícia Militar e a Guarda Municipal localizaram o acusado nas proximidades da Beira-Rio, sendo conduzido à delegacia e autuado em flagrante delito. No julgamento, porém, os jurados acataram a tese de negativa de autoria alegada pela defesa de Nilton Carlos.

A sessão do Tribunal do Júri foi realizada no anexo do Fórum Aristides Lobão, local utilizado para os júris na comarca. Atuou na promotoria Paulo Roberto Castilho e o advogado do réu foi Analdiney Brito Noleto.

(CGJ)

Carregando
O Informante