Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Quadrilha é desarticulada e três assaltantes morrem

Bando estava com vasta munição, dinamites e armamento de grosso calibre, capaz de derrubar até helicóptero.

Uma quadrilha foi desarticulada na manhã de ontem (16), na zona rural de Grajaú, em uma ação conjunta entre as polícias Militar e Civil. No momento da abordagem policial, ocorrido no povoado Ponto da Nega, houve trocas de tiros e três assaltantes morreram durante o confronto. Outros dois suspeitos conseguiram fugir, deixando para trás forte armamento, veículos, munições e dinamites.

De acordo com informações do titular da delegacia de Grajaú, delegado Kairo Clay Silva Mesquita, os criminosos foram localizados em uma casa no meio do mato, 50 quilômetros distante da sede de Grajaú.

Ainda segundo o delegado, a Polícia Civil investigava há cerca de uma semana roubos de veículos naquela região. Na quarta-feira (15), populares do povoado Ponto da Nega denunciaram a circulação de veículos suspeitos na localidade. Com base nessas informações, conforme Kairo Clay, por volta das 7h30 de ontem a polícia foi até a casa ocupada pelos criminosos. “Chegamos e cercamos o local, logo após pedir que eles se rendessem, mas já saíram da residência atirando contra a polícia”, informou Clay.

Houve um intenso tiroteio e três assaltantes morreram no local do confronto; outros dois teriam fugido pelo mato. Um dos bandidos morto foi identificado pela polícia como sendo Rodrigo Bezerra Lima Gomes, de 34 anos, assaltante conhecido na região, e envolvido no roubo de um carro forte em 2014.

ARMAMENTO DE GUERRA

Conforme o delegado Kairo Clay, foram apreendidos uma metraladora ponto 50, um fuzil AK 47, outro AR 15, pistolas calibre 9 milímetro, uma 380, duas ponto 40, fuzis calibre 556, 10 carregadores, 37 detonadores junto com espoletas, uma furadeira do tipo fura copo usada para furar carro forte, 32 barras de dinamites soltas e cinco prontas para o uso.

Também foi apreendido um veículo CRV, roubado em Porto Franco, e uma Pajero prata com placa do estado do Pernambuco. “A Pajero estava completamente blindada, pronta para receber as balas da polícia, durante a suposta ação de assalto”, informou Clay.

Segundo o delegado Thiago Bardal, titular da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), essa foi a primeira que uma metralhadora ponto 50 é apreendida no Maranhão. Ele disse ainda que essa arma é capaz de derrubar um helicóptero e perfurar a lataria de um carro-forte.

A suspeita é que o bando se preparava para explodir agências bancárias na região de Grajaú ou atacar carros-fortes que passassem pelo povoado no qual estava escondido.

APOIO 

Um helicóptero do Centro Tático Aéreo (CTA) foi utilizado na ação policial, além de guarnições do Grupo de Resposta Tática (GRT), da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), Grupo de Operações de Sobrevivência em Área Rural (Cosar), além da Polícia Militar de Grajaú e região.

De acordo com delegado, até o início da noite de ontem, a polícia ainda não tinha informações que levassem ao paradeiro dos fugitivos, mas todo o contingente das forças policiais permanecia na cidade na missão de capturá-los.

Segundo Clay, os assaltantes foragidos também foram atingidos durante o tiroteio; eles escaparam pela vegetação, caminho percorrido por eles até o povoado de Santana, que fica a 20 quilômetros do Ponto da Nega. Em Santana, os criminosos roubaram uma Hilux.

O Informante