Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Cirurgião foi registrado pelos pais com o nome ‘Darth Vader’

Mãe estava sob efeito de anestesia no parto e concordou com a escolha do marido, fã de Star Wars.

Foto: Reprodução

Darth Vader Williamson, de 39 anos, é técnico em cirurgia e mora em Memphis, nos Estados Unidos. O responsável por registrá-lo com o nome do vilão da saga Star Wars foi seu pai, fã do filme. “Minha mãe estava sob efeito da anestesia e aceitou a escolha. Só depois que se deu conta do que tinha feito”, contou Vader à CNN.

Sua história ficou famosa no último 4 de maio, data conhecida como o “Dia de Star Wars” (“May the 4th”). Um colega de trabalho do hospital sempre escutava, durante as cirurgias, os médicos chamando uma pessoa de “Darth Vader”. Quando descobriu que era o nome verdadeiro de um dos funcionários, gravou um vídeo bem humorado com Vader e o divulgou na internet.

Darth Vader nasceu em 1978, menos de um ano após o lançamento do primeiro longa-metragem de Star Wars. Na infância, foi vítima de bullying no parquinho, quando outras crianças riam de seu nome. Atualmente, Darth Vader é pai de duas meninas, de 10 e de 15 anos, que não suportam mais ouvir as mesmas piadas – principalmente de pessoas que imitam o som feito pelo personagem nos filmes.

Ele conta que, certa vez, ultrapassou o limite de velocidade na rua e um policial parou seu carro. Ao ver o nome do motorista no documento, o oficial ficou encantado e liberou Vader sem maiores complicações. Em outros momentos, fãs do filme pediram autógrafos e fotos para o cirurgião.

Vader conta um detalhe: ele não gosta de Star Wars e o último filme da saga que viu foi em 1983, “O Retorno de Jedi”. Ele prefere histórias sobre extraterrestres.

Carregando