Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Tecnologias que ajudam a tornar a empresa mais sustentável

Segundo um estudo apresentado pelo Instituto de Efeitos da Saúde mais de 4 milhões de mortes aconteceu no mundo, em 2015, por causa da poluição do ar.

Imagem: reprodução pixabay.com

O planeta em que vivemos sofre cada vez mais com os problemas climáticos e a poluição e muitas empresas contribuem através da produção de resíduos industriais. Segundo um estudo apresentado pelo Instituto de Efeitos da Saúde mais de 4 milhões de mortes aconteceu no mundo, em 2015, por causa da poluição do ar. Outros dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) indicam que 23% das mortes no planeta estão relacionadas a fatores ambientais.

Essas são discussões que estão cada vez mais em pauta na sociedade para que o futuro caminhe na construção de um mundo mais sustentável. As pequenas, médias e grandes empresas entendem cada vez mais o seu papel na responsabilidade social e procuram se adaptar e crescer junto com a bandeira da sustentabilidade. Enquanto algumas buscam um plano de gerenciamento de resíduos sólidos outras contribuem com projetos ambientais e a tecnologia é pensada para contribuir com essas questões.

Sistema de gestão ambiental para todos

O caminho básico inicia no dia a dia da empresa na economia de energia. Muitos escritórios utilizam as lâmpadas incandescentes, que consomem muito mais energia e precisam de mais recursos, como o mercúrio, estanho e o chumbo, para serem produzidas. O ideal é optar pelas lâmpadas de LED ou fluorescentes, pois utilizam menos recursos na sua produção, tem uma vida útil maior e de consomem um quarto da mesma energia que a incandescente.

Outro caminho é optar por energias de formas alternativas, que é a famosa energia verde. é um conceito para usar energia sem agredir o meio ambiente e existem diversos meios, como o uso da energia solar, por exemplo. É um recurso que vale a pena analisar por ser barato e sustentável.

A tecnologia já substituiu o papel na maioria das tarefas através dos e-mails, porém é sempre interessante avaliar se o papel ainda utilizado não pode ser substituído de alguma forma. Através dos tablets e smartphones é possível utilizar apps para realização de pedidos em restaurantes, por exemplo. Muitos já adotam essa função e mesmo quando o uso do papel for imprescindível é importante orientar os colaboradores sobre a reutilização para rascunhos e optar por materiais facilmente recicláveis.

Seguindo a lei

Muito já ouvimos falar na sustentabilidade na construção civil, porque de fato muitas empresas são responsáveis pela produção de resíduos sólidos. Por isso que desde 2010 o governo estipulou a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei nº 12.305/10), que organiza todo o lixo produzido pelos setores públicos e privados, ou seja, para que cada empresa seja responsável pelos resíduos industriais que produzir.

Para essas empresas é preciso elaborar um plano de gerenciamento de resíduos sólidos eficaz e garantir o seu funcionamento na prática. A tecnologia está presente através de softwares, como o VG Resíduos, que atua para ajudar empresas de qualquer setor a ter um bom gerenciamento de resíduos. Ele otimiza os processos de cada etapa e permite a visualização completa que ajuda a elaborar estratégias mais eficazes dentro da empresa, ou seja, a parte burocrática de forma simplificada.

Conscientização e qualificação

Apesar das discussões e das inúmeras ferramentas que contribuem para a uma empresa ser mais sustentável é preciso ter pessoas que saibam agir e operar de forma qualificada. Os colaboradores precisam entender a importância de cada atitude sustentável e ao mesmo tempo ter pessoas que saibam elaborar estratégias eficazes para favorecer o meio ambiente e a empresa. Por isso que é importante manter o assunto sempre em pauta tanto no trabalho quanto em casa.

Carregando