Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Jacaré pode ter engolido pescador no Tocantins

A vítima seria um homem de Minas Gerais, Adilson Bernardes de Oliveira, 47 anos, que estava acampando com amigos.

© Corpo de Bombeiros/Reprodução População matou um jacaré no domingo, 28, e encontrou restos mortais em sua barriga.

A Polícia Civil do Tocantins apura se um pescador foi morto e engolido por um jacaré na cidade de Lagoa da Confusão, a 200 quilômetros de Palmas. A vítima seria um homem de Minas Gerais, Adilson Bernardes de Oliveira, 47 anos, que estava acampando com amigos e desapareceu no rio Javaé na última sexta-feira, 28.

Depois disso, bombeiros fizeram buscas na região e no rio e não encontraram o pescador. No domingo, 30, populares mataram um jacaré e localizaram restos humanos em sua barriga. O material foi enviado para o Instituto Médico Legal (IML) de Palmas, capital do estado, que tenta comprovar se seria mesmo do homem desaparecido.

“Os chinelos e um isqueiro haviam sido localizados perto do rio”, disse o sargento Ronaldo Barbosa. Segundo ele, os moradores da região acreditam que jacarés comeram o pescador e mataram um animal porque ele estava com a barriga muito cheia.

No interior do animal também havia alguns objetos que seriam do mineiro que desapareceu. O resultado dos exames para comprovar se ele foi engolido devem ficar prontos no início da próxima semana.

(Estadão)