Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Zé Ricardo é demitido do cargo de técnico do Flamengo

Um dos cotados para o lugar é Paulo César Carpegiani, ídolo histórico do Rubro-Negro.

Zé Ricardo foi demitido do Flamengo na noite deste domingo.

O cargo de técnico do Flamengo está vago. Isto, porque Zé Ricardo foi demitido após reunião na noite deste domingo, horas depois da derrota por 2 a 0 para o Vitória, em plena Ilha do Urubu, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. O auxiliar Cleber dos Santos também foi desligado do clube. Um dos cotados para o lugar é Paulo César Carpegiani, ídolo histórico do Rubro-Negro.

O revés em casa foi o estopim para a demissão do treinador, que vinha sendo muito criticado por torcida e dirigentes rubro-negros pela campanha aquém do esperado no Brasileirão, do qual o clube é o quinto colocado, com 29 pontos, 18 a menos que o líder Corinthians.

Com 46 anos, Zé Ricardo era o “protegido” do presidente Eduardo Bandeira de Melo, que não resistiu às pressões interna e externa. Com um dos maiores investimentos do Brasil, o Flamengo ainda amargou a precoce eliminação na fase de grupos da Copa Libertadores da América, principal competição no calendário de 2017 da equipe.

Com isso, a tendência é que o auxiliar Jayme de Almeida assuma o comando técnico do Flamengo de forma interina na partida contra o Palestino, do Chile, nesta quarta-feira, no Rio de Janeiro. Os cariocas venceram o jogo de ida por 5 a 2.

Efetivado ao cargo de técnico do Flamengo em julho do ano passado, Zé Ricardo deixa o clube com um aproveitamento de 63,7%. Foram 48 vitórias, 25 empates e 16 derrotas. Seu auge à frente do comando da equipe se deu em 2016, quando o Rubro-Negro disputou o título brasileiro com o Palmeiras praticamente rodada a rodada, mas acabou com o terceiro lugar do torneio. Em 2017, conquistou o Campeonato Carioca em cima do Fluminense.

(Gazeta Esportiva)