Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Justiça condena homem que estuprou a própria filha de 11 anos

O acusado foi preso em flagrante, em 28 de janeiro.

Foto: Reprodução

Com base em uma Denúncia oferecida pelo Ministério Público do Maranhão, a Justiça de São Domingos do Azeitão condenou a 20 anos de prisão, pelo crime de estupro de vulnerável, um pai acusado de abusar da própria filha, de apenas 11 anos.

As investigações apontaram que o condenado tentava abusar sexualmente da filha desde que ela tinha apenas sete anos. A menina tinha medo de contar a situação a alguém, pois era ameaçada de morte pelo pai, que também afirmava que mataria os outros membros da família se fosse denunciado. O caso somente chegou ao conhecimento das autoridades em 21 de janeiro de 2017, quando a garota conseguiu escapar de mais uma tentativa de abuso.

O acusado foi preso em flagrante, em 28 de janeiro. A prisão, posteriormente, foi convertida em preventiva. Agora, condenado duas vezes por estupro de vulnerável (uma consumada e outra tentada), ele deverá cumprir a pena de 20 anos de reclusão, em regime inicialmente fechado, na Penitenciária de Balsas.

Quaisquer dados que pudessem facilitar a identificação e expor a vítima foram omitidos em obediência à lei n° 12.015/2009.

(MPMA)