Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Menino de 9 anos se candidata a emprego na NASA

Garoto queria concorrer à vaga de ‘Proteção Planetária’

Foto: Reprodução

A NASA, que está com uma vaga de emprego aberta para o cargo de oficial de proteção planetária, foi surpreendida ao receber a candidatura de um menino de 9 anos interessado na carreira. O garoto, que assinada a carta como “guardião da galáxia” da 4ª série escolar, é o pequeno Jack Davis. No documento, ele descreveu todas as suas qualificações para a vaga na NASA. “Querida NASA, meu nome é Jack Davis e eu gostaria de me candidatar ao trabalho de Proteção Planetária. Eu posso ter 9 anos, mas acho que eu seria perfeito para o trabalho. Um dos motivos é que minha irmã diz que eu sou um alienígena. Além disso, eu assisti a quase todos os filmes sobre espaço e alienígenas. Eu também assisti à série ‘Marvel Agents Of Shield’ e espero assistir ao filme “Homens de Preto”. Eu sou ótimo em videogames. Sou jovem, então, posso aprender a pensar como um alienígena. Atenciosamente, Jack Davis, Guardião da Galáxia, Quarta Série”, escreveu o garoto.

A carta ganhou tanta repercussão na internet que o diretor da divisão de ciências planetárias da NASA, James Green, respondeu ao menino pelo Twitter. “Querido Jack, fiquei sabendo que você é um ‘Guardião da Galáxia’ e que está interessado em se tornar um agente de Proteção Planetária da NASA. Isso é incrível! Nosso trabalho é muito legal e muito importante. Envolve proteger a Terra de micróbios que trazemos em amostras da Lua, de asteróides e de Marte. Também envolve proteger outros planetas e luas de nossos germes quando exploramos o Sistema Solar de forma responsável.

Estamos sempre à procura de futuros cientistas e engenheiros para nos ajudar, então eu espero que você estude bastante e vá bem na escola. Esperamos te ver na NASA qualquer dia desses!”, respondeu Green.

A vaga de emprego que Jack tanto deseja foi lançada em julho pela NASA. O salário anual de quem for ocupar o posto será de US$ 187 mil (cerca de R$ 582 mil). Podem concorrer os cidadãos americanos que tiverem diploma em física, engenharia ou matemática.