Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Sindicato decide retomar greve em Pindaré

Por tempo indeterminado, o Sindicato dos Profissionais da Educação de Pindaré decidiu que os professores da cidade devem paralisar suas atividades.

Foto: Reprodução

Por tempo indeterminado, o Sindicato dos Profissionais da Educação de Pindaré decidiu que os professores da cidade devem paralisar suas atividades. A entidade afirma que a paralisação de agora é a continuação da greve iniciada há cerca de dois meses. Professores decidiram retomar a greve alegando que não foram cumpridos itens do acordo firmado entre a categoria e a prefeitura.

Na greve junho os professores exigiam o reajuste de 7,64 por cento, previsto no plano de cargos e carreiras da categoria e também o pagamento do piso salarial, que atualmente é de 2.298 reais, além do perdão dos dias parados e o pagamento do retroativo do reajuste.

“Não paga para todos. O que existe é o pagamento para uma pequena parcela da gestão passada de forma ilegal porque não abrangeu a todos e a defasagem em relação ao piso é praticamente 80 por cento da categoria”, disse o presidente do sindicato, César Barroso.

Apesar da greve decretada pelo sindicato, a maioria das escolas está funcionando no município.