Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Comissão aprova mandato de 10 anos para ministros de tribunais superiores

A medica acaba com mandatos vitalícios e também reduz para quatro anos o mandato em cortes eleitorais.

Calouro entre os ministros, Alexandre de Moraes poderá ficar no Supremo pelos próximos 26 anos, quando alcançará os 75 anos, idade da aposentadoria compulsória. (Ascom/STF)

Por votação simbólica, a comissão especial da reforma política acaba de aprovar artigo que limita em 10 anos o mandato dos ministros do STF, do STJ e do TCU. A medica acaba com mandatos vitalícios e também reduz para quatro anos o mandato em cortes eleitorais.

O texto alcança todos os tribunais superiores. A mesma regra — mandatos de dez anos — valeria para membros de tribunais de contas dos estados e dos municípios, tribunais regionais federais e dos estados.