Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Banana-maçã ou nanica: qual oferece mais benefícios à saúde

Uma dessas frutas é mais rica em fibras, proteínas e vitamina C. Descubra quem ganha esse embate pra lá de saudável.

Foto: Reprodução

Sorte a nossa que a banana, originária da Ásia, adaptou-se muito bem ao solo brasileiro. “Além de ser fonte de carboidratos, ela apresenta alta concentração de vitaminas e minerais”, destaca a nutricionista Fernanda Serpa, diretora da Nutconsult, no Rio de Janeiro.

Mas há diferenças – ainda que pequenas – entre uma variedade e outra. Para quem faz atividades físicas, a nanica traz vantagens. “Ela tem mais carboidratos. Então, fornece bastante energia para a prática esportiva”, justifica a especialista. Sem falar na maior quantidade de potássio, mineral que afasta as cãibras.

Agora, se o desejo é fazer as pazes com a balança, melhor ficar com a banana-maçã, que possui menos carboidratos e boas doses de fibras solúveis, substâncias que promovem saciedade. Só não dá para exagerar. Apesar da penca de benefícios, a banana – não importa o tipo – carrega mais calorias do que a maioria das frutas.

Veja a comparação de 100 gramas de cada fruta de acordo com a tabela brasileira de composição de alimentos (Taco/Unicamp).

Energia
Banana-maçã – 87 cal
Banana-nanica – 92 cal

Carboidratos
Banana-maçã – 22,3 g
Banana-nanica – 23,8 g

Proteínas
Banana-maçã – 1,8 g
Banana-nanica – 1,4 g

Fibras
Banana-maçã – 2,6 g
Banana-nanica – 1,9 g

Potássio
Banana-nanica – 376 mg
Banana-maçã – 264 mg

Vitamina C
Banana-maçã – 10,5 mg
Banana-nanica – 5,9 mg

Placar Saúde

Banana-maçã 5 x 1 Banana-nanica