Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Polícia Federal mira em filho de membro do TCU

De acordo com a PF, o advogado Tiago Cedraz – filho do ministro Aroldo Cedraz, do Tribunal de Contas da União (TCU) – é um dos alvos de mandados de busca.

O avião da Polícia Federal pousou no aeroporto Hugo da Cunha Machado, em São Luís, na tarde desta terça-feira.

A Polícia Federal cumpre quatro mandados de busca e apreensão na 45ª fase da Operação Lava Jato na chamada Operação Abate II. As cidades de Salvador, Brasília e Cotia, em SP, são os palcos da operação.

De acordo com a PF, o advogado Tiago Cedraz – filho do ministro Aroldo Cedraz, do Tribunal de Contas da União (TCU) – é um dos alvos de mandados de busca.

Segundo a PF, dois advogados teriam supostamente participado de reuniões para planejar pagamento a agentes da Petrobras. “Paralelamente teriam recebido comissões pela contratação de empresa americana pela empresa petrolífera, mediante pagamentos em contas mantidas na Suíça em nome de empresa off-shore. Também se detectou a participação de ex-deputado federal e sua assistente na prática dos crimes e no recebimento de pagamentos indevidos”, afirma a nota.