Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Lula diz ser grato a Sarney e elogia Renan: “Me ajudou a governar”

Em caravana pelo Nordeste, Lula defendeu Renan Calheiros: ” todo mundo é inocente até que se prove o contrário”

Foto: Reprodução

Durante uma entrevista coletiva para rádios universitárias de Pernambuco, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu hoje o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) e disse que é grato a ele e ao ex-presidente José Sarney (PMDB).

Questionado sobre as alianças que precisaria firmar para manter a governabilidade em uma eventual candidatura, Lula afirmou que esse tipo de acordo é necessário e que só foi eleito, em 2002, por dialogar com outros setores além da esquerda. “Se você não faz aliança, as pessoas vão para outro lado, aí dificulta muito”, disse.

“O Renan pode ter todos os defeitos. Agora, o Renan me ajudou a governar esse país”, afirmou. “Se ele cometeu algum erro, eu sou da opinião de que todo mundo é inocente até que se prove o contrário. Se eu quero para mim a inocência até que provem o contrário, vou querer para os outros também”.

Os dois políticos se encontraram na última terça-feira, durante a caravana de Lula pelo Nordeste. Vale lembrar que Renan votou pelo impeachment de Dilma Rousseff no ano passado. Mas, nesta semana, dividiu palanque com o petista e fez ataques ao presidente Michel Temer, seu colega de partido.

A expectativa é que Lula também se reúna com José Sarney durante sua visita ao Maranhão. “Eu sou grato ao Sarney, é importante dizer. Eu sou grato ao Sarney como presidente do Senado”, disse durante a entrevista hoje.

“Teve um tempo que as pessoas queriam que eu rompesse com o Sarney, [mas] eu ia ganhar de presente o Marconi Perillo [PSDB]. Você vai deixar de ter um tubarãozinho manso para ter um tubarão mordendo até o pé?”, afirmou.

Lula continua sua peregrinação pelo Nordeste até o próximo dia 5 de setembro. E a lista de encontros com ex-aliados é extensa.