Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Maranhenses seguem em 4º na Production T2 no acumulado

Após quatro exigentes etapas, o piloto Fábio Cadasso e o navegador João Afro #345 mantêm classificação no acumulado. Competidores enfrentam no quinto dia a Especial mais longa da 25ª edição.

Após quatro dias de disputa, dupla está em 3o na TR4 e 4o na Production T2 (Marcelo Maragni/Fotop)

A dupla Fábio Cadasso e João Afro de São Luís, no Maranhão, segue dia após dia se superando na 25ª edição do Rally dos Sertões. Em uma competição como essa não adianta somente acelerar e levantar poeira, estratégia, bom equipamento, uma equipe de apoio sintonizada e de bons profissionais são fundamentais. E são esses ingredientes que compõem a Cadasso Racing, uma equipe pequena, mas em sintonia. Após dias de disputa, a dupla #345 segue em 3º na TR4 e em 4º na Production T2.

Na etapa de quarta-feira, entre Aruanã (GO) e Barra do Graças (MT), a dupla fez o sexto tempo da Production T2 (2h07m24s) para completar o trecho cronometrado de 273 quilômetros. A maioria dos competidores achou a etapa com menos dificuldades até o momento, inclusive com longas retas para acelerar, mas como sempre exige cautela, quando se fala em Rally dos Sertões, qualquer descuido pode comprometer todo o resultado.

Em sua quinta participação na maior prova off-road do país, Cadasso segue fazendo a prova que se comprometeu, segura e respeitando as limitações do carro, uma Mitsubishi Pajero TR4. “A prova foi boa, bem mais rápida que as etapas anteriores, mas como é o equipamento que determina e não temos o carro mais potente da prova, chegamos ao máximo de 147 km/h nas retas , mas completamos e isto é o mais importante, já passamos da metade do rali”, afirma o piloto.

“Mantivemos o planejamento de completar a etapa sem forçar o equipamento com foco total para completar mais um dia, porque ainda tivemos um problema com a suspensão, então diminuímos o ritmo de prova, mas deu tudo certo e chegamos ao Mato Grosso”, explica o navegador João Afro.

Nesta quinta-feira, os competidores de carros, UTVs, motos e quadris enfrentam a Especial mais longa da 25ª edição serão 438 de trechos cronômetros de um total de 666 de percurso quando o rali chega a Coxim, no Mato Grosso do Sul, o último estado da disputa. Agora faltam três etapas para completar o percurso de 3.300 quilômetros e a competição termina neste sábado, 26, em Bonito. Resultados atualizados no www.sertoes.com

A equipe Cadasso Racing conta com o patrocínio do Governo do Maranhão e do Grupo Mateus, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, e conta com o apoio da Smart Pilots, Pipa Publicidade, Dr. Klevison Araujo (Clínica Le Corps), Dr. Josélio Lima (Special Pharma), Top Auto Service e Digital Certificadora. Mais informações sobre nas redes sociais da dupla: Facebook/ @pilotofabiocadasso, Instagram/@equipecadassoracing e Twitter/@equipecadassoracing

Programação 25º Rally dos Sertões

Roteiro 25ª edição do Rally dos Sertões

(24/08)- 5ª Etapa
Barra do Garças (MT) a Coxim (MS)
Deslocamento Inicial – 13,85 km
Trecho Cronometrado – 438,86 km
Deslocamento Final – 213,30 km
Total do dia: 666,01 km

Sexta-feira (25/08) – 6ª Etapa
Coxim (MS) a Aquidauana (MS)
Deslocamento Inicial – 59,82 km
Trecho Cronometrado – 194,91 km
Deslocamento Final – 174,72 km
Total do dia: 429,45 km

Sábado (26/08) – 7ª Etapa
Aquidauana (MS) a Bonito (MS)
Deslocamento Inicial – 128,62 km
Trecho Cronometrado – 240,45 km
Deslocamento Final – 51,71 km
Total do dia: 420,78 km