Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Facebook abre centro de formação de programadores no Brasil

No Estação Hack, em São Paulo, a empresa dará gratuitamente cursos gratuitos e workshops sobre empreendedorismo e carreira

Foto: Reprodução

A rede social mais popular do mundo, o Facebook, anunciou nesta segunda-feira (28/8) que está investindo na criação de um centro para inovação no país, que abrigará cursos gratuitos de programação para jovens e workshops sobre empreendedorismo e planejamento de carreira. Chamado de Estação Hack São Paulo, esse é primeiro projeto desse tipo da empresa no mundo.

Para isso, a Estação Hack conta com um espaço de mil metros quadrados na Avenida Paulista, três salas de aula com até 40 lugares e separadas por paredes móveis, lounge e espaço de convivência, sala de reunião e 52 estações de trabalho, que deverão ser ocupadas por startups selecionadas para participar de um programa de aceleração.

“Queremos reforçar nosso comprometimento com o Brasil e, por isso, faremos aqui um investimento inédito. Vamos ajudar a formar o jovem brasileiro para algumas das profissões do futuro, dentro de um ambiente de estímulo à inovação”, disse Diego Dzodan, vice-presidente do Facebook e Instagram para a América Latina.
A previsão, segundo o Facebook, é de que sejam oferecidas bolsas a mais de 7,4 mil jovens por ano nas áreas de programação, planejamento de carreira e gestão de empresas. Em parceria com empresas do ramo de tecnologia e educação, como a Mastertech e a FGVcenn, o centro trará os cursos e workshops.

As bolsas serão divididas em: 2,2 mil para cursos de tecnologia; 1,4 mil para workshops; 3,2 mil em empreendedorismo; e 600 voltadas à inovação, como as startups. As obras na Estação Hack estão previstas para terminar em dezembro. As informações sobre como concorrer às bolsas devem ser divulgadas pela página do projeto no Facebook.