Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Após pagar fiança, acusado de agenciar mulheres é liberado em São Luís

As investigações devem prosseguir no sentido de averiguar as denúncias de extorsão, e o envolvimento de Elbo com uma quadrilha responsável pelo tráfico interno de pessoas para exploração sexual.

Foto: Reprodução

Elbo Bayma, preso na manhã desta terça-feira (29) em São Luís, pela Polícia Civil, acusado de rufianismo, foi solto no início da noite após pagar fiança de um salário mínimo.

Elbo foi preso em flagrante por policiais da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) em sua casa, no Condomínio Grand Park. A operação aconteceu após uma série de denúncias acerca de agenciamento de garotas de programa. As mulheres utilizavam o imóvel de Elbo para encontros envolvendo prostituição.

As investigações devem prosseguir no sentido de averiguar as denúncias de extorsão, e o envolvimento de Elbo com uma quadrilha responsável pelo tráfico interno de pessoas para exploração sexual.

Após ser solto, Elbo fez questão de usar as redes sociais para “contar o feito”.