Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Dor nos pés pode sinal de vários problemas, aprenda a identificá-los

Das pessoas que praticam exercícios físicos como a corrida, cerca de 90% acabam sofrendo de lesões nos pés.

Imagem: reprodução pixabay.com

Os pés são estruturas complexas do corpo. Compostos por muitos ossos e tendões, eles quase nunca estão em repouso, e por isso são também um dos locais mais atingidos por lesões ou enfermidades. Das pessoas que praticam exercícios físicos como a corrida, cerca de 90% acabam sofrendo de lesões nos pés. Algumas delas são muito comuns, como esporão ou artrite. Aprenda a identificá-las e procurar pelo tratamento certo.

Esporão de calcâneo

O esporão é uma formação óssea anormal que se desenvolve no osso do calcanhar pelo depósito indevido de cálcio na região, o que resulta na formação de um tipo de espícula. É normal que algumas pessoas não apresentem sintomas do esporão, mas quando eles estão presentes, o mais comum é uma dor forte em forma de pontada. E como tratar o esporão? Por ser uma lesão ligada ao esforço intenso na região do calcanhar ou até o aumento de peso, o esporão pode ser tratado através de forma cirúrgica, mas também através de palmilhas ortopédicas, fisioterapia e acupuntura.

Fascite plantar

A fascite plantar está muito ligada ao esporão. A fascite é uma inflamação na fáscia plantar, uma membrana de tecido conjuntivo que cobre a musculatura da sola do pé. Ela liga o osso do calcanhar aos dedos, e por isso a área da sola do pé é a mais afetada, principalmente na região do calcanhar, que é o foco da dor. A característica principal da fascite é a dor aguda, em forma de facada. Vermelhidão e inchaço da área também podem ser sintomas presentes. O seu tratamento, que visa amenizar a dor do paciente, inclui ficar em repouso, fisioterapia e alongamentos. O uso de órteses para manter os pés alongados durante a noite e de palmilhas ortopédicas também é indicado.

Artrite

A artrite tem ligação à esforços repetitivos e também à fatores genéticos. Os danos causados nas articulações pela artrite podem afetar a cartilagem (tecido que reveste o osso e protege contra o impacto e o atrito dos movimentos), os tendões, os ligamentos e outras estruturas agregadas. O inchaço e a dor são os sintomas mais comuns. A diferença entre a artrite para as outras enfermidades é que ela atua principalmente na cartilagem e nos tendões, e não nos ossos ou na fáscia.

Tendinite do tendão tibial posterior

A lesão causa dor na parte interna do pé. O incômodo pode se prolongar também ao longo dos tendões. Nesse caso, os tendões sofrem de uma inflamação aguda, geradas pelo excesso de esforço ou desgaste do tendão. Nesse caso, o alongamento e as massagens costumam ajudar bastante.

É sempre bom lembrar de alongar muito bem os pés antes de caminhadas ou corridas para evitar esses tipos de quadro. Aumentar a força muscular dos pés essencial para deixá-los preparados para os esforços do dia a dia.