Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Governo corre para aprovar meta fiscal de R$ 159 bilhões

O projeto que altera as metas fiscais de 2017 e 2018 para déficits de 159 bilhões de reais nas contas públicas foi aprovado ontem pela Comissão Mista de Orçamento (CMO)

Foto: Reprodução

O projeto que altera as metas fiscais de 2017 e 2018 para déficits de 159 bilhões de reais nas contas públicas foi aprovado ontem pela Comissão Mista de Orçamento (CMO). Agora ele aguarda votação pelo plenário do Congresso Nacional.

O governo Temer trabalhou nos bastidores na busca de apoio para avançar na votação. Para este ano, a alteração no objetivo fiscal vai significar um espaço extra de 20 bilhões de reais em relação à meta atual, de déficit de 139 bilhões de reais. Essa ampliação é necessária para que o governo consiga garantir as atividades da administração pública até o fim do ano.

Se os parlamentares não votarem a tempo a ampliação no rombo do ano que vem, o governo terá de enviar no dia 31 um projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2018 ainda sob a meta antiga, que autoriza um déficit menor, de 129 bilhões de reais.

“A consequência de não votar meta amanhã (nesta quarta-feira, no plenário) é recepcionar Orçamento na quinta em bases falsas, sabidamente frágeis. Temos responsabilidade nessa realidade fiscal que vivemos”, alertou o deputado Marcus Pestana (PSDB-MG), relator da mudança nas metas.