Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

COMENTE: Homem acusado de ejacular em mulheres é preso e solto duas vezes

O tarado foi impedido por passageiros de sair do ônibus e após ser preso foi encaminhado ao 78º DP, segundo a Polícia Militar

Foto: Reprodução

Diego Ferreira de Novais, de 27 anos, atacou uma mulher dentro de um ônibus, em São Paulo. Após o ato, ele foi solto. Menos de três dias após o primeiro ataque, ele foi preso novamente e solto mais uma vez na manhã deste sábado.

O tarado foi impedido por passageiros de sair do ônibus e após ser preso foi encaminhado ao 78º DP, segundo a Polícia Militar.

O ajudante-geral tem agora 16 passagens semelhantes na polícia, registradas nos últimos oito anos. O seu modus operandi é o mesmo: dentro do ônibus, ele se aproxima da vítima, mostra o pênis e, eventualmente, passa o órgão ou ejacula na mulher.