Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Saiba o que motivou a reviravolta na Lava jato que pode acabar com a prisão de Joesley Batista

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, chocou o Brasil ontem ao anunciar que o acordo de delação dos executivos do Grupo J&F pode ser anulado. O destino dos delatores será decidido após investigações. Visivelmente abalado, Rodrigo Janot decidiu vir a público antes que um escândalo provocado por um áudio de Joesley Batista. Nele o delator […]

Foto: Reprodução

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, chocou o Brasil ontem ao anunciar que o acordo de delação dos executivos do Grupo J&F pode ser anulado. O destino dos delatores será decidido após investigações.

Visivelmente abalado, Rodrigo Janot decidiu vir a público antes que um escândalo provocado por um áudio de Joesley Batista. Nele o delator revela que teve a ajuda de um procurador da República, Marcello Miller, para fechar a delação que o tornou inimputável na Lava Jato.

A influência de Marcelo já havia sido destacada pela imprensa várias vezes, só que Janot sempre optou por tratar o caso como intriga.

LEIA NA ÍNTEGRA A DECISÃO DE JANOT