Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Brasil estreia com vitória sobre a França

Seleção dirigida pelo técnico Renan venceu o primeiro jogo da competição por 3 sets a 0.

Maurício Borges no ataque (Divulgação/FIVB)

De Nagoya, no Japão, Clarissa Laurence

Atual campeão, o Brasil estreou com vitória na Copa dos Campeões, competição que acontece de quatro em quatro anos, no Japão. A seleção masculina de vôlei enfrentou a França, que havia levado a melhor sobre os brasileiros na final da Liga Mundial deste ano, e, nesta terça-feira (12.09), venceu por 3 sets a 0, depois de parciais bastante equilibradas: 27/25, 27/25 e 25/22. A partida, disputada no Nippon Gaishi Hall, em Nagoya, teve 1h29 de duração.

O ponteiro Lucarelli foi um dos principais destaques do time brasileiro. Maior pontuador, com 15 acertos, sendo 12 de ataque e três de bloqueio, o jogador falou sobre a alegria de conquistar uma importante vitória no primeiro jogo do campeonato.

“É sempre muito complicado jogar contra a França, ainda mais em uma estreia, que sempre gera uma ansiedade. Estamos muito felizes com essa vitória, mas já temos que concentrar para o jogo de amanhã”, disse Lucarelli.

O segundo duelo do Brasil na Copa dos Campeões vai ser contra a Itália, na reedição da final olímpica do ano passado. Na ocasião, a seleção brasileira levou a melhor e espera repetir o resultado nesta quarta-feira (13.09), às 0h40 (Horário de Brasília). Lucarelli, no entanto, destaca a dificuldade de enfrentar os italianos.

“Sabemos que vai ser uma partida muito difícil. Enfrentar a Itália é garantia de um jogo duro. Tiramos coisas boas desse jogo de hoje, mas também sabemos que podemos melhorar em alguns aspectos e é essa a nossa mentalidade para amanhã e para o resto do campeonato”, afirmou Lucarelli.

“Estou feliz por começar o campeonato vencendo a França de 3 a 0, mas nem tão satisfeito com o rendimento do time. Podemos render um pouco mais. Tivemos pontos positivos, mas pecamos em alguns que não podemos, como o sistema de passe. Precisamos melhorar, mas, para uma estreia, reafirmo que estou feliz com o resultado. Em um segundo jogo, já amanhã, tenho certeza que vamos melhorar técnica e taticamente”

A seleção brasileira disputa a Copa dos Campeões com levantador Bruninho, o oposto Wallace, os centrais Lucão e Maurício Souza, os ponteiros Lucarelli e Maurício Borges e o líbero Tiago Brendle. No segundo, o levantador Raphael, o oposto Renan, os centrais Otávio e Isac, os ponteiros Douglas e Rodriguinho e o líbero Thales.

O JOGO

O Brasil abriu o placar do jogo com o central Maurício Souza. No bloqueio de Maurício Borges, a seleção brasileira marcou 4/2. Com Maurício Souza pontuando bem, a equipe verde e amarela chegou a 8/6. Na largadinha de Wallace, o placar foi a 12/9. Depois de uma bola bastante disputada, Maurício Souza bloqueou e o Brasil abriu quatro de vantagem (14/10). A França reagiu e chegou a 13/14, forçando Renan a pedir tempo. A seleção brasileira voltou a abrir vantagem com Wallace: 18/15. Na diagonal curta de Maurício Borges, 19/15. O set voltou a ficar equilibrado em 22/21 para o Brasil. Com o jogo empatado em 24/24, Renan pediu tempo. A seleção brasileira fechou o set depois de grande saque de Bruninho: 27/25.

Maurício Souza abriu o segundo set com ponto de bloqueio. Os franceses assumiram o comando do placar em 5/4. A seleção brasileira passou a frente e abriu boa vantagem em 10/7. A França encostou em fez 10/11. No segundo tempo técnico, a equipe dirigida pelo técnico Renan tinha dois de vantagem: 18/16. A França voltou a encostar no marcador e com ponto de saque deixou tudo igual: 19/19. A equipe adversária teve vantagem em 21/20. O Brasil empatou e, com Maurício Borges, passou a frente em 22/21. Um novo empate em 23/23. Lucarelli fez 24/23.

Os franceses saíram na frente no terceiro set e o Brasil deixou tudo igual em 4/4. No bloqueio duplo de Wallace e Lucão, assumiu o comando do placar (5/4). Mais um bloqueio, dessa vez com Lucarelli, e 6/4. No bloqueio de Maurício Souza, a equipe verde e amarela chegou a 11/9. Na largadinha de Lucão, o Brasil marcou 15/12. A equipe de Renan abriu boa vantagem em 20/14 e a seleção francesa pediu tempo. Então foi a vez do adversário começar a pontuar melhor, fazer 18/22 e Renan parar o jogo. Na volta, dois bons saques de Rossard e a França fez 20/22. Renan pediu mais um tempo. O set seguiu bem disputado até o Brasil fechar em 25/22.

EQUIPES

BRASIL – Bruninho, Wallace, Lucão, Maurício Souza, Lucarelli e Maurício Borges. Líbero – Tiago Brendle

Entraram – Isac, Raphael, Renan, Otávio

Técnico: Renan Dal Zotto

FRANÇA – Toniutti, Clevenot, Le Goff, Lyneel, Boyer e Chinenyeze. Líbero – Tillie K.

Entraram – Patry, Rossard

Técnico: Laurent Tillie

TABELA

Dia 12.09 (terça-feira) – França 3 x 3 Brasil (25/27, 25/27 e 22/25)

Dia 13.09 (quarta-feira) – Brasil x Itália, às 0h40

Dia 15.09 (sexta-feira) – Irã x Brasil, às 0h40

Dia 16.09 (sábado) – Estados Unidos x Brasil, às 0h40

Dia 17.09 (domingo) – Brasil x Japão, às 6h15