Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Governo aprova aumento de salário para diretores de unidades hospitalares de saúde

A medida visa valorizar o trabalho dos diretores e assegurar a permanência de profissionais capacitados e experientes no cargo.

Foto: Reprodução

O Governo do Estado aprovou o aumento salarial para os diretores das unidades hospitalares da Secretaria de Estado da Saúde (SES). Através do Decreto 33.268, de agosto de 2017, o poder público estadual formalizou o ganho salarial aos profissionais que gerenciam as unidades hospitalares. A medida visa valorizar o trabalho dos diretores e assegurar a permanência de profissionais capacitados e experientes no cargo.

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, reforça que o aumento é uma forma de incentivar os gestores no desempenho diário de suas funções. “Reconhecemos a importância do trabalho de todos os profissionais que atuam na área da saúde. Essa é uma forma de valorizar aqueles que são nossos braços à frente das unidades e que diariamente também contribuem para a oferta de serviços e de um atendimento humanizado aos usuários da rede estadual de saúde”, afirmou.

De acordo com a publicação oficial, os cargos de diretores gerais, clínicos e administrativos, que compõe a estrutura administrativa das unidades hospitalares da Secretaria Estadual de Saúde passam a estar vinculados à Auditoria do Sistema de Saúde, no âmbito da estrutura da SES, passando a se denominar auditores em saúde. A criação dos novos cargos dos diretores foi aprovada pelo conselho da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh).

A partir do Decreto 33.268, de agosto de 2017, os diretores das unidades hospitalares gerenciadas pela Emserh passam a ter o vencimento no valor de R$ 8 mil reais, com carteira assinada. O decreto servirá também de parâmetro para que os demais institutos possam adotar o valor. A medida também garante aos gestores maior autonomia no gerenciamento das unidades de saúde.

“Nós, gestores de saúde, vemos com bons olhos esse aumento salarial, pois temos nos dedicado em tempo integral para o funcionamento correto dos hospitais. Esse ajuste salarial vem incentivar o nosso trabalho e deixar claro o respeito do governador com o profissional, que trabalha para gerenciar adequadamente os recursos na unidade de saúde”, disse o diretor do Hospital Aquiles Lisboa, Raul Fagner.

(Secap)