Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Médicos retiram bexiga de bebê de 4 dias por engano

Ana Lípia só poderá passar por uma cirurgia para implantar uma bexiga artificial quando completar cinco anos.

Foto: Reprodução

Uma bebê de apenas quatro dias de vida teve a bexiga removida por engano durante uma cirurgia para remover cisto no ovário da criança. O caso aconteceu em abril, em um hospital particular do Distrito Federal, mas a mãe da menina, Nathalia Evelyn Peixoto de Almeida, só revelou o erro depois que o hospital recusou dar assistência.

Ana Lípia passou pela cirurgia aos quatro dias de vida. Dois dias depois do procedimento, os médicos perceberam o erro, já que a garotinha não urinava e estava retendo líquidos. Ainda de acordo com a CBN, a equipe então colocou dois drenos para permitir a passagem da urina.Segundo a rádio CBN, o que deveria sido retirado na cirurgia era um cisto ovariano, constatado pelos médicos quando Ana Lípia ainda estava na barriga da mãe.Quando Nathalia entrou em trabalho de parto, levou os exames para o hospital. Só que dessa vez os médicos falaram que se tratava de um cisto abdominal, perto do umbigo, e que precisava ser removido com urgência.

Nathalia ficou arrasada. “É a pior sensação da minha vida e cada dia era uma notícia ruim. Eles fizeram um erro que vai ser pra vida da minha filha toda e estão fingindo que nada aconteceu. É isso que me machuca muito. As consultas são bastante caras, por exemplo, um urologista é R$ 400, uma ecografia que ela faz é R$ 380. Fralda ela usa mais do que um bebê normal, porque tem que ser trocada toda hora”, disse à rádio.

Ana Lípia só poderá passar por uma cirurgia para implantar uma bexiga artificial quando completar cinco anos. Mesmo assim, ela vai precisar usar sonda por toda a vida. O Hospital Santa Helena informou à CBN que prestou todo o atendimento necessário à família e que acompanha o caso por meio do médico assistente.