Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Cruzeiro vence Fla nos pênaltis e conquista Copa do Brasil

Diego perdeu o pênalti que deu título ao clube mineiro.

Após uma final marcada por dois empates, o Cruzeiro se tornou campeão da Copa do Brasil. No tempo normal, 0 a 0 (não há gol qualificado na decisão e o título foi decidido nos pênaltis). Melhor para os donos da casa, que tiveram 100% de aproveitamento e venceram por 5 a 3. Na partida anterior um empate de 1 a 1, no Maracanã.

Os pênaltis 

Henrique, Léo, Hudson, Diogo Barbosa e Thiago Neves fizeram o gol que garantiram o título e, por tabela, a classificação para a fase de grupos na Libertadores-2018. O Flamengo, por sua vez, marcou com Guerrero, Juan e Trauco. Diego, que bateu o terceiro, viu o goleiro Fábio defender a sua cobrança.

O Jogo

Mesmo jogando fora de casa e com o estádio lotado de cruzeirenses, o Flamengo não se intimidou e iniciou duelo com bom rendimento. A equipe de Rueda tocava bem a bola e não mostrou afobação com o peso da decisão. O primeiro gol só não saiu por detalhe logo nos primeiros minutos. Em cobrança de falta, Guerrero bateu muito bem e a bola beliscou o travessão de Fábio, aos 6min.

CRUZEIRO 0 (5) x (3) 0 FLAMENGO

Data: 27 de setembro de 2017 (quarta-feira)
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Auxiliares: Marcelo Van Gasse (SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)
Cartões amarelos: Ezequiel  e Hudson (CRU) Pará e Guerrero (FLA)

Cruzeiro
Fábio; Ezequiel, Léo, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique, Hudson, Robinho (Rafinha) e Thiago Neves; Alisson (Élber) e Raniel (Arrascaeta)
Técnico: Mano Menezes

Flamengo
Alex Muralha; Pará, Réver, Juan e Trauco; Cuéllar, Willian Arão e Diego; Everton (Lucas Paquetá), Berrío e Guerrero
Técnico: Reinaldo Rueda