Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

PM faz operação no complexo da Maré à procura do traficante Rogério 157

Informações passadas ao Disque-Denúncia indicam que o traficante estaria na região.

(Foto: Reprodução)

As tropas do Comando de Operações Especiais da Polícia Militar, com homens do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), do Batalhão de Ações com Cães e do Choque realizam, desde a manhã de hoje (28), uma operação nas comunidades Parque União e Nova Holanda, no Complexo da Maré, zona norte do Rio.

A ação seria mais uma tentativa de localizar o traficante Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, que teria deixado a Rocinha, onde lidera o tráfico de drogas e se escondido na Maré. Informações passadas ao Disque-Denúncia indicam que o traficante estaria na região.

Ao chegar na Maré, a tropa da PM foi recebida com granadas e tiros de fuzil pelos criminosos da região. Pelas redes sociais, moradores relatam a situação de guerra e dizem que muitas crianças não tiveram como sair de casa para ir à escola. Também por causa do tiroteio, mulheres dizem que ficaram impossibilitadas de ir para o trabalho.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que devido à operação no Complexo da Maré, das oito unidades de saúde apenas uma abriu para atendimento aos pacientes. As outras estão fechadas, por motivo de segurança dos servidores e da população.

Maré

O complexo da Maré é composto por 16 comunidades e tem cerca de 130 mil moradores. Fica às margens da Baía de Guanabara e próximo ao acesso ao Aeroporto Internacional Tom Jobim/Galeão. E junto à Avenida Brasil, principal ligação da zona portuária do Rio com a zona oeste, com mais de 54km.PM faz operação no complexo da Maré a procura do traficante Rogério 157.

A Secretaria Municipal de Educação informa que unidades escolares no Complexo da Maré estão sem atendimento nesta quinta-feira (28), devido à operação da Polícia Militar na comunidade. No total são 19 escolas, seis creches e 12 Espaços de Desenvolvimento Infantil estão fechados, com 14. 079 alunos sem aulas.

A secretaria informa também que as todas as unidades escolares escolares do município localizadas na Rocinha, Vidigal e Vila Canoas, zona sul do Rio, estão funcionando normalmente, nesta quinta-feira. As escolas da região ficaram fechadas por vários dias, devido às ações das Forças Armadas e das forças de segurança do Estado que atuam contra o crime organizado na região.

 

(Agência Brasil / Autor: Douglas Corrêa)